Notícias | Dia a dia
Djokovic: 'Não estou 100% satisfeito com meu jogo'
31/10/2018 às 09h03

Djokovic terá pela frente o bósnio Damir Dzhumur

Foto: Divulgação

Paris (França) - Apesar de ter vencido mais uma, a 19ª seguida no circuito, o sérvio Novak Djokovic não saiu tão contente de quadra na terça-feira, quando abriu campanha no Masters 1000 de Paris, batendo o português João Sousa em sets diretos. Ele lamentou sua inconsistência, mas sabe também que é apenas um primeiro jogo e aposta na evolução para os próximos desafios.

“Nos momentos importantes, consegui conectar bons golpes. Não estou 100% satisfeito com meu jogo, cometi muitos erros do fundo de quadra, mas esta é apenas minha primeira partida no torneio e sei que leva um tempo para conseguir alcançar o melhor nível”, declarou o sérvio, que briga rodada a rodada pelo número 1 com o espanhol Rafael Nadal.

Os dois entraram no torneio francês separados virtualmente por apenas 35 pontos e aquele que for mais longe sairá com a liderança do ranking, sendo que em caso de campanha idênticas a ponta seguirá nas mãos do canhoto de Mallorca pelo menos até o ATP Finals de Londres.

Primeiros dos principais favoritos a estrear em Paris, ‘Nole’ terá agora um importante dia de descanso nesta quarta-feira, quando Nadal e o suíço Roger Federer abrirão suas campanhas. “Com certeza vai me ajudar bastante, é algo que será muito bom para mim, pois terei tempo para fazer os ajustes que preciso”, analisou o sérvio.

A vitória desta terça não apenas ampliou a série invicta de Djokovic na ATP, mas também o deixou muito perto de bater o recorde pessoal de sets seguidos. Com as duas parciais vencidas ante Sousa, o sérvio chegou a 28 e ficou apenas a uma de igualar a sequência de 29 que conseguiu entre a final do US Open e as semifinais do Masters de Paris em 2015.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis