Notícias | Dia a dia
Djokovic e Nadal podem cancelar jogo na Arábia
29/10/2018 às 15h58

Paris (França) - Advertidos pela Anistia Internacional, organização não governamental que defende os direitos humanos com mais de 7 milhões de membros em 150 países, o sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal cogitam cancelar a exibição marcada para o próximo mês de dezembro na Arábia Saudita.

"Dei o meu consentimento para jogar lá há um ano, sei que algo de ruim aconteceu, queremos ver como tudo evolui e esperamos que as coisas sejam esclarecidas o mais rápido possível", comentou Nadal ao ser questionado sobre o assunto em Paris, onde ele de Djokovic jogam nesta semana disputando também o número 1.

"Não gosto de me envolver em questões políticas, é uma vergonha que nós acabamos sido envolvidos nisso. Eu sei que o que ocorreu é triste. Temos que receber mais informações sobre o que está acontecendo para tomar uma decisão racional", acrescentou o sérvio.

Segundo a Anistia Internacional, os jogadores podem ter sua imagem usada pelo regime e por isso eles foram incentivados a usar sua popularidade esportiva para lutar pelos direitos humanos. A entidade não vê com bons olhos a participação dos números 1 e 2 do ranking da ATP em um país acusado de arquitetar a morte do jornalista Jamal Khashoggi no consulado saudita em Istambul.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis