Notícias | Dia a dia
Federer: 'Não sei se foi o último título em casa'
28/10/2018 às 16h06

Veterano de 37 anos conquistou o nono título em sua cidade natal

Foto: Divulgação

Basileia (Suíça) - A conquista do nono título do ATP 500 da Basileia mexeu bastante com Roger Federer. Já com 37 anos, o veterano suíço já não tem mais certeza se terá novas oportunidades de ser campeão em sua cidade natal. Ele reconhece que isso até mexeu com ele durante a partida contra o romeno Marius Copil neste domingo.

"Significa muito para mim vencer novamente aqui em minha cidade natal, sem saber se esta pode ser a última vez que tive a oportunidade de jogar uma final ou de ganhar um título pela última vez aqui na minha cidade. Isso torna o jogo muito emocionante", disse Federer após a vitória por 7/6 (7-5) e 6/4 sobre Copil, número 93 do mundo.

"Eu estava tenso hoje, nervoso. Mas isso começou mais durante o jogo, porque eu não conseguia fazer realmente o meu jogo do jeito que eu estava esperava, mas é porque ele estava muito bem. Acho que ele entrou em quadra e jogou um bom tênis", avalia o suíço, que esteve com uma quebra atrás nos dois sets da partida.

"Felizmente, eu estive muito bem nesta semana e aproveitando minhas oportunidades, especialmente nas devoluções de saque. Acho que foi isso que me deu a vitória nesta semana", complementa o número 3 do mundo, que conquistou o 99º título de ATP em sua carreira. Inscrito para o Masters 1000 de Paris na próxima semana e classificado para o ATP Finals, que começa em 11 de novembro, o suíço ainda tem chances de chegar à contagem centenária ainda em 2018.

Superado por Federer neste domingo, Copil tem a comemorar a ótima semana na Basileia. Vindo do qualificatório, o experiente jogador de 28 anos venceu seis jogos seguidos durante o torneio. Ele nunca havia superado um top 10, mas passou pelo número 6 Marin Cilic e pelo quinto colocado Alexander Zverev durante a campanha. Além disso, irá certamente superar o melhor ranking da carreira, que até então era o 73º lugar alcançado em fevereiro deste ano.

"Eu adoraria que este torneio marcasse o começo da minha carreira neste nível", disse Copil após a partida "Foi uma semana incrível. Chegando aqui, eu estava lutando para me manter no Top 100. Depois dessa semana incrível, ganhei muita confiança em mim mesmo e vi que eu posso jogar um nível muito mais alto".

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis