Notícias | Dia a dia
Wild avança em quali de challenger no Equador
28/10/2018 às 06h04

Wild precisa de mais duas vitórias para entrar na chave principal

Foto: Arquivo

Guayaquil (Equador) - O sábado foi de três vitórias e duas derrotas para os cinco brasileiros que disputam o qualificatório para o challenger de Guayaquil, evento de US$ 50 mil disputado no saibro. Destaque para Thiago Wild, que conseguiu passar pelo primeiro dos três compromissos necessários para garantir vaga na chave principal do torneio, que já terá Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro e Guilherme Clezar.

Wild, que tem apenas 18 anos e é 408º do ranking, venceu o argentino de 26 anos e 313º colocado Andrea Collarini por duplo 6/4. Na segunda rodada do quali, o jovem paranaense terá um duelo brasileiro contra o duplista gaúcho Fabrício Neis, 120º do mundo em duplas, que derrotou o colombiano Felipe Mantilla por 6/4, 4/6 e 6/4.

Outro duplista que tenta o quali de simples e avançou foi o carioca Fernando Romboli, número 110 do ranking da modalidade, que derrotou o convidado local de 16 anos Juan Sebastian Vargas por duplo 6/2. Seu próximo adversário será o argentino Camilo Carabelli.

O gaúcho de 20 anos Orlando Luz, 385º do ranking, caiu ainda na primeira rodada do qualificatório após a derrota por 6/0 e 7/5 para o sérvio Miljan Zekic, experiente jogador de 30 anos e 264º colocado. Quem também se despediu foi o paulista de 24 anos Pedro Sakamoto, 451º do mundo, que perdeu para o boliviano Federico Zeballos por 1/6, 7/6 (8-6) e 6/2.

Vitórias nas duas primeiras rodadas do quali não contam pontos no ranking e nem premiação em dinheiro. Quem conseguir passar pelas três fases classificatórias irá somar três pontos na ATP e receberá o prêmio que obtiver em sua campanha na chave principal.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis