Notícias | Dia a dia
Nadal e Djokovic disputam o número 1 em Paris
27/10/2018 às 06h13

Quem fizer a melhor campanha no torneio será o número 1 do mundo

Foto: Arquivo

Paris (França) - A liderança do ranking mundial estará em jogo durante o Masters 1000 de Paris que acontece na próxima semana. Rafael Nadal e Novak Djokovic lutam pela primeira posição durante o torneio em quadras duras e cobertas, que é o último antes do ATP Finals.

Embora o espanhol e o sérvio estejam atualmente separados por 215 pontos no ranking, a diferença na prática é ainda menor. Isso porque Nadal tem 180 pontos de quartas de final a defender. Assim, a diferença fica em apenas 35 pontos e possibilita que quem fizer a melhor campanha no torneio ficará no topo do ranking, enquanto o espanhol tem a vantagem de duas campanhas iguais.

Nadal é o sexto jogador com maior número de semanas no topo do ranking, com 195 no total. Depois de várias trocas de liderança com Roger Federer durante o primeiro semestre, o espanhol vem sustentando sua posição atual desde o dia 25 de junho.

Por sua vez, Djokovic tem o quinto número de semanas na liderança com 223. A última vez que ele esteve no topo do ranking foi em 31 de outubro de 2016. O sérvio tenta repetir uma façanha de Marat Safin em 2000 ao ser um jogador que estava fora do top 20 e chegou à liderança. Há dezoito anos, o russo saltou do 38º lugar em fevereiro para a primeira posição em novembro, enquanto Djokovic chegou a ocupar a 22ª colocação em junho.

Independente de quem estiver na liderança do ranking depois de Paris, Nadal e Djokovic continuarão disputando a primeira posição durante o ATP Finals, que acontece entre os dias 11 e 18 de novembro. O torneio que reúne os oito melhores da temporada em Londres vale 1.500 pontos no ranking mundial. O sérvio e o espanhol tentam terminar uma temporada na liderança pela quinta vez em suas carreiras, o que igualaria suas marcas às de Roger Federer e Jimmy Connors, além de aproximá-los do recordista Pete Sampras, que terminou seis anos diferentes na liderança.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis