Notícias | Dia a dia
Federer minimiza número de erros e celebra vitória
26/10/2018 às 21h05

Federer cometeu 60 erros não-forçados na partida contra Simon

Foto: Divulgação

Basileia (Suíça) - Depois de vencer um jogo duro pelas quartas de final do ATP 500 da Basileia, Roger Federer minimizou o alto número de erros não-forçados contra Gilles Simon nesta sexta-feira. O suíço lembra que o estilo de jogo do francês dá margem a esse tipo de estatística e destacou o poder de reação e a capacidade de se mentalmente no jogo.

"Gilles conseguiu voltar para o jogo, mas eu encontrei um jeito de vencer, o que é mais importante, então fico muito feliz agora", disse Federer, que cometeu 60 erros na vitória por 7/6 (7-1), 4/6 e 6/4 diante de Simon nesta sexta-feira.

"É sempre difícil jogar contra ele e às vezes é uma partida frustrante, porque você sempre tem que fazer os winners e os erros, já que ele coloca muitas bolas em jogo", acrescenta o número 3 do mundo, que anotou 40 bolas vencedoras na partida e também fez questão de enaltecer o apoio da torcida suíça.

"Acho que também mostrei emoções e estava tentando me animar", destacou o vencedor de oito edições do torneio em quadras duras e cobertas. "É um prazer absoluto jogar em casa, com a torcida me apoiando tanto. Acho que eles se sentiram em perigo e foi bom que eles estivessem lá a cada passo do caminho".

Federer disputará neste sábado a semifinal de número 200 em sua carreira profissional. O suíço entra em quadra a partir das 11h (de Brasília) para enfrentar o jovem russo de 22 anos e número 20 do mundo Daniil Medvedev, a quem derrotou em um difícil duelo de três sets há duas semanas, em Xangai.

"Acho que vai ser uma partida difícil. Estou muito empolgado, aparentemente é a minha 200ª semifinal no circuito e fico feliz que tenha acontecido aqui na Basileia", comenta o suíço, que busca a final de número 151 em sua carreira profissional.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis