Notícias | Dia a dia
Djokovic revela ter pensado em largar o tênis
24/10/2018 às 09h20

Djokovic reencontrou caminho com sua equipe antiga

Foto: Arquivo

Belgrado (Sérvia) - Quem vê a atual fase do sévio Novak Djokovic não imagina que alguns meses atrás ele chegou a cogitar abandonar o tênis. Vivendo momentos difíceis após uma longa lesão no cotovelo, que o obrigou a operar logo após o Australian Open, o tenista de Belgrado encarou um momento de desânimo neste ano e pensou em se aposentar.

“Este ano, nos meses após a cirurgia no cotovelo, passei por momentos e pensamentos que não eram os melhores. Um dia em março, eu sentei com minha família e lhes disse que não queria mais jogar tênis. Eles ficaram todos em estado de choque”, revelou Nole no programa Da Ne Modza, um dos mais antigos de televisão sérvia.

“Naquela época, eu não tinha certeza do que ele estava dizendo, mas não me envergonho disso. Tinha dúvidas se realmente queria deixar tudo, mas dentro uma parte de mim sabia que poderia voltar a ganhar Grand Slams e ser o número 1 novamente”, complementou o atual vice-líder da ATP e forte candidato a terminar o ano na ponta.

Um mês depois de seu momento mais duro no ano, Djokovic resolveu olhar para o passado pensando no futuro e acabou tomando uma decisão perfeita para sua volta por cima. “Em abril, juntei minha antiga equipe, Marjan (Vajda) e Gebhard (Gritsch), nos encontramos novamente e falamos sobre possíveis estratégias a médio e longo prazo”, contou o sérvio.

“Nesse momento foi planejado que o pico de desempenho aconteceria no US Open, mas o bom é que chegou mais cedo já na temporada de grama com título de Wimbledon, que foi um ponto de virada muito grande e necessário para mim porque passei um ano e meio tentando me redescobrir como jogador”, finalizou Djokovic.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis