Notícias | Dia a dia
'Federer é um ser humano maravilhoso', diz Zverev
23/10/2018 às 09h15

Federer e Zverev jogaram juntos na Laver Cup

Foto: Arquivo

Basileia (Suíça) - Segundo mais bem cotado no ATP 500 da Basileia, o alemão Alexander Zverev espera fazer um bom resultado nesta semana no torneio suíço e sonha em poder cruzar com o ídolo local Roger Federer em uma eventual final. Em entrevista ao BzBasel, o jovem tenista mostrou todo seu respeito à figura do dono de 20 Grand Slam e destacou sua importância não só como tenista, mas como pessoa.

“Nosso relacionamento é incrivelmente próximo. Passamos muito tempo fora das quadras juntos e gostamos de conversar um com o outro, não apenas sobre o tênis, mas sobre a vida em geral. Todos conhecemos Federer como uma grande lenda do tênis e um dos melhores atletas do mundo, mas além disso ele é um ser humano maravilhoso. Eu nunca joguei contra ele na Basileia e espero que isso possa mudar nesta semana”, falou Zverev.

O germânico também comentou sobre o relacionamento com o técnico Ivan Lendl. “Ainda estamos na fase de 'lua de mel'. No momento, tudo é maravilhoso, eu o escolhi para melhorar meu jogo e, com sorte, vencer os melhores torneios do mundo. Ele já demonstrou suas habilidades como treinador com Andy Murray. Meu pai e Ivan já se conheciam e a cooperação está funcionando perfeitamente”, explicou.

Ao ser questionado sobre seu fraco desempenho nos Slam, ele se defendeu e negou a pressão por recolocar a seu país nos trilhos das conquistas. “Não tem nada a ver com o fato de termos grandes jogadores na Alemanha no passado, com Boris (Becker) ou Steffi (Graf). Esquecem que eu tenho apenas 21 anos e ainda tenho um longo caminho a percorrer”, falou o atual número 5 do mundo.

Sua estreia no torneio suíço será contra o holandês Robin Haase. “É um evento muito forte, a partida de estreia contra o Haase não será fácil e eu perdi contra ele em Cincinnati há três meses. Vou jogo por jogo, mas eu gostaria de avançar na competição”, analisou Zverev, que perdeu as duas últimas contra o próximo rival, mas venceu as duas primeiras e empata o retrospecto entre eles.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis