Notícias | Dia a dia
Djokovic e Nadal são advertidos sobre exibição
18/10/2018 às 08h42

Anistia Internacional se posicionou contrária a exibição entre o espanhol e o sérvio marcada na Arábia Saudita

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Organização não governamental que defende os direitos humanos com mais de 7 milhões de membros em 150 países, a Anistia Internacional advertiu o sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal sobre a partida de exibição marcada para o próximo mês de dezembro, na Arábia Saudita.

A entidade não vê com bons olhos a participação dos números 1 e 2 do ranking da ATP em um país acusado de arquitetar a morte do jornalista Jamal Khashoggi no consulado saudita em Istambul, onde ele tentava obter um documento certificando que havia se divorciado da ex-mulher.

Segundo a Anistia Internacional, os jogadores podem ter sua imagem usada pelo regime e por isso eles foram incentivados a usar sua popularidade esportiva para lutar pelos direitos humanos. "Depende apenas deles escolher onde fazem seus jogos de exibição, mas se vão para a Arábia Saudita, gostaríamos de vê-los lutar pelos direitos humanos e não contribuir para limpar a imagem do regime", disse a ONG.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis