Notícias | Dia a dia
Em Moscou, Zvonareva celebra maior vitória em 7 anos
17/10/2018 às 16h01

Zvonareva não vencia uma jogadora do top 10 desde outubro de 2011

Foto: Divulgação

Moscou (Rússia) - Algoz de Karolina Pliskova pelas oitavas de final do WTA Premier de Moscou, Vera Zvonareva conseguiu sua maior vitória em sete anos. Ao derrotar a número 5 do mundo por 6/1 e 6/2 nesta quarta-feira, a experiente russa de 33 anos conseguiu a primeira vitória contra top 10 desde outubro de 2011, quando havia superado Caroline Wozniacki durante o WTA Finals.

Zvonareva já foi número 2 do mundo e finalista de dois Grand Slam em 2010. A russa tem um histórico de lesões no ombro direito e no lado esquerdo do quadril e ficou dois anos sem jogar, retornando às quadras em abril do ano passado com ranking zerado e foi disputar torneios de nível ITF. Atualmente aparece no 161º lugar do ranking.

Vinda do quali em Moscou, Zvonareva já está nas quartas de final e acumula 125 pontos no ranking, sendo 25 pela fase classificatória e mais 100 pelas duas vitórias na chave principal. Caso seja semifinalista e receba 185 pontos (além dos 25 do quali), a russa ficará muito perto de voltar ao top 100. Mas para isso, terá que passar pela 11ª colocada Anastasija Sevastova, que derrotou a cazaque Yulia Putintseva por 7/5, 4/6 e 6/4.

Representante da nova geração russa, Daria Kasatkina também se garantiu nas quartas. A jovem de 21 anos e número 14 do mundo superou a francesa Alizé Cornet por 3/6, 7/5 e 6/4 e vai enfrentar a compatriota Anastasia Pavlyuchenkova, 40ª do ranking e campeã do torneio em 2014, que venceu a lucky loser grega Valentini Grammatikopoulou por 7/5 e 6/0.

A tunisiana Ons Jabeur surpreendeu a número 8 do mundo Sloane Stephens ao marcar 6/3 e 6/2 sobre a norte-americana e garantiu o duelo contra a estoniana Anett Kontaveit, que venceu a francesa Kristina Mladenovic por 6/2 e 7/6 (7-3). Já a britânica Johanna Konta, que derrotou a australiana Daria Gavrilova por 6/4, 3/6 e 6/3, vai enfrentar a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich, responsável por eliminar Kiki Bertens do torneio e da disputa por vaga no WTA Finals ao marcar 6/3, 4/6 e 6/3.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis