Notícias | Dia a dia
Djokovic destaca saque e vê 'segundo set perfeito'
11/10/2018 às 12h55

Djokovic fechou o jogo com pneu no 2º set

Foto: Divulgação

Xangai (China) - O sérvio Novak Djokovic não precisou sofrer muito para vencer sua segunda partida no Masters 1000 de Xangai e garantir um lugar nas quartas de final do torneio. Seu algoz em Roland Garros, o italiano Marco Cecchinato fez um set parelho com o ex-número 1 do mundo e depois acabou sendo dominado e eliminado.

“Estou muito contente com a maneira como venho jogando, principalmente usando meu saque de forma eficiente nessas duas primeiras partidas aqui. Nessas condições de quadra, que está bem rápida, é importante sacar bem para conseguir pontos de graça e espero seguir assim nos próximos jogos”, analisou o tenista de Belgrado.

Djokovic reforçou a importância da quebra no fim do primeiro set e a dificuldade de se encarar um rival que já o havia batido. “Ele é um cara duro para se enfrentar, tinha pedido para ele na última vez que jogamos, nas quartas do Roland Garros. A quebra no sétimo game foi crucial e o segundo ser foi perfeito”, comentou o sérvio.

“Consegui fazê-lo ter sempre ter que jogar uma bola a mais e fui agressivo quando precisava. O segundo set foi perfeito e fechei muito bem a partida”, comentou o atual número 3 do mundo, que tem grande chance de sair de Xangai na vice-liderança do ranking, para depois buscar a ponta. “Farei tudo para buscar o número 1 do mundo, que é a maior meta minha neste fim de temporada”, finalizou Djokovic.

Segundo mais bem cotado ao título no torneio chinês, ‘Nole’ terá agora pela frente o sul-africano Kevin Anderson. Eles medirão forças pela oitava vez no circuito e a vantagem no retrospecto é toda do sérvio, que venceu seis até então e perdeu apenas uma. O duelo mais recente entre eles foi a final de Wimbledon, na qual o sul-africano não foi páreo e caiu em sets diretos.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis