Notícias | Dia a dia
Sorgi e Jordan Correia estreiam bem em futures
10/10/2018 às 17h21

Sorgi buscou a virada depois que rival argentino sacou para o jogo

Foto: Arquivo

Riba-Roja de Turia (Espanha) - Na semana em que aparece com o melhor ranking da carreira, ao ocupar o inédito 441º lugar, o capixaba Jordan Correia estreou com vitória no future espanhol de US$ 25 mil no saibro de Riba-Roja de Turia. Cabeça 6 do torneio, Jordan marcou um duplo 6/2 contra o convidado local Carlos Sanchez Jover.

Jordan saltou 29 posições desde a última atualização do ranking. O capixaba de 21 anos e que treina na Espanha vem da disputa de três futures seguidos no Egito, onde teve um vice-campeonato e duas eliminações nas semifinais. Curiosamente, seu algoz nos três torneios foi o mesmo, o austríaco Alexander Erler.

Na temporada, Jordan acumula 27 vitórias e onze derrotas em torneios profissionais de nível future. Ele já disputou três finais, com dois títulos conquistados no mês de maio, sendo o primeiro na capital egípcia e o segundo em Rivne, na Ucrânia. Seu adversário nas oitavas será o espanhol vindo do quali Bruno Mardones.

Sorgi avança nos EUA - Único brasileiro na disputa do future norte-americano de US$ 25 mil no piso duro de Houston, o paulista João Pedro Sorgi teve dificuldade para superar a rodada de estreia. Cabeça 8 do torneio, Sorgi chegou a ficar a dois pontos da derrota e viu o argentino vindo do quali Alan Kohen sacar para o jogo, mas buscou a virada com parciais de 0/6, 7/6 (7-5) e 6/2.

Depois de ter alcançado o 251º lugar do ranking mundial em setembro do ano passado, Sorgi aparece atualmente apenas na 645ª posição aos 24 anos. O paulista de Sertãozinho enfrenta nas oitavas de final do torneio texano o vencedor da partida entre o anfitrião Evan Zhu e o alemão vindo do quali Hendrik Jebens.

Brasileiros em Portugal - Dois brasileiros foram eliminados nesta quarta-feira pela rodada de estreia do future de US$ 15 mil disputado no piso duro de Idanha-a-Nova. Pedro Rodrigues perdeu por 6/3 e 7/6 (8-6) para o holandês Tim Van der Horst, enquanto Filipe Brandão caiu diante do cabeça 7 austríaco Peter Goldsteiner por 7/6 (7-3) e 6/1.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis