Notícias | Dia a dia
Djokovic: 'Federer e Nadal me fizeram ser melhor'
22/08/2018 às 12h52

Nova York (EUA) - Campeão do Masters 1000 de Cincinnati no último domingo, se tornando o primeiro jogador de simples a conquistar todos os títulos deste nível no circuito, o sérvio Novak Djokovic falou sobre a importância de encarar Roger Federer novamente, após dois anos e meio sem duelos e revelou que tanto o suíço como o espanhol Rafael Nadal foram importantes na sua carreira.

“Eu senti falta das partidas contra ele e contra Nadal, pois esses caras foram parte importante na minha vida, na minha carreira e na minha evolução como tenista. Eles me colocaram a prova e me fizeram ser um jogador melhor”, declarou Djokovic, que com a conquista recuperou quatro lugares no ranking da ATP e agora é o sexto do mundo.

O sérvio também subiu na corrida para o ATP Finals, aparecendo como o terceiro que mais somou na temporada. Ao comentar sobre o evento que fecha o ano no circuito masculino, ele elogiou muito a Arena O2, atual sede da competição, mas também acha que o torneio já ficou muito tempo no mesmo lugar.

“É um evento fantástico em um lugar muito legal para se jogar tênis, você se sente uma estrela do rock. A casa está sempre cheia, o barulho é incrível e tudo é feito da maneira correta. É uma semana fenomenal e já provou ser um evento de sucesso”, analisou o sérvio.

“Contudo, acho que uma competição como o ATP Finals deveria mudar mais vezes de lugar, já está no mesmo há quase 10 anos e acho isso muito tempo e acho que a ATP deveria aproveitá-lo para alavancar o tênis ao redor do mundo”, finalizou Djokovic.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis