Notícias | Dia a dia
Monteiro, Rogerinho e Clezar jogam o quali em NY
20/08/2018 às 20h36

Clezar pode ter um duelo nacional contra Rogerinho na segunda rodada

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - O tênis brasileiro tem três representantes no qualificatório do US Open. O cearense Thiago Monteiro, o paulista Rogério Dutra Silva e o gaúcho Guilherme Clezar lutam por três vitórias para entrar na chave principal do último Grand Slam da temporada.

Rogerinho e Clezar podem se enfrentar já na segunda rodada do quali. Para isso, o paulista de 34 anos e 151º do ranking terá que vencer o cabeça 10 italiano e 117º colocado Lorenzo Sonego na estreia. Já o gaúcho de 25 anos e 204º do mundo estreia contra o espanhol Ricardo Ojeda Lara, 284º colocado.

Enquanto Rogerinho tenta disputar a chave principal do US Open pelo sexto ano seguido, e conseguiu em Nova York três de suas cinco vitórias em Grand Slam, Clezar tenta disputar o segundo Slam da carreira. Há dois anos, o gaúcho conseguiu furar o quali nos Estados Unidos, mas depois perdeu na primeira fase da chave principal.

Caso um dos brasileiros alcance a última rodada do quali, é possível um duelo contra o sacador croata Ivo Karlovic. Cabeça 21, o veterano de 39 anos e 137º colocado estreia contra o ucraniano Illya Marchenko e depois pode enfrentar o bósnio Tomislav Brkic ou o norte-americano Collin Altamirano.

Por sua vez, Thiago Monteiro é o cabeça 11 do qualificatório. Número 1 do Brasil e 119º do ranking, o canhoto de 24 anos tenta disputar o US Open pelo segundo ano seguido. O cearense estreia contra o japonês de 30 anos e 165º colocado Tatsuma Ito, adversário inédito em sua carreira. Se vencer, Monteiro pode enfrentar o alemão Matthias Bachinger ou o francês Calvin Hemery. O adversário mais cotado para a rodada final do quali seria o ucraniano Sergiy Stakhovsky, cabeça 23 da disputa e 138º colocado.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis