Notícias | Dia a dia
Goffin não joga em Winston Salem, Carreño conhece rival
20/08/2018 às 20h03

Goffin tenta se recuperar a tempo para o US Open

Foto: Arquivo

Winston Salem (EUA) - Inicialmente designado como o principal cabeça de chave do ATP 250 de Winston Salem, David Goffin não disputará o último torneio preparatório para o US Open. O belga, número 10 do mundo, tenta se recuperar a tempo da lesão no ombro direito que o fez abandonar a semifinal do Masters 1000 de Cincinnati contra Roger Federer no último sábado.

Quem acabou herdando o lugar de Goffin na chave foi o moldavo Radu Albot, vindo do qualificatório. Ele enfrenta o vencedor da partida entre o lucky-loser argentino Guido Andreozzi e o húngaro Marton Fucsovics.

Com a desistência de Goffin, o favorito do torneio acaba sendo o cabeça 2 espanhol Pablo Carreño Busta. Número 12 do ranking e semifinalista do US Open, Carreño Busta estreia contra o lucky-loserr croata Franko Skugor, que derrotou o francês Pierre-Hugues Herbert por 6/2 e 6/3. Outro que conheceu seu adversário de estreia foi Kyle Edmund. Terceiro cabeça de chave, o britânico estreia contra o argentino Leonardo Mayer, que derrotou o japonês Yuichi Sugita.

Em duelo da nova geração do circuito, o espanhol de 21 anos e 85º do ranking Jaume Munar levou a melhor sobre o canadense de 23 anos e 263º colocado Brayden Schnur, com parciais de 7/6 (7-5) e 7/6 (7-1). Munar encara na segunda rodada o cabeça 11 russo Andrey Rublev.

Os jovens norte-americanos Taylor Fritz e Tommy Paul também avançaram. Paul, que tem 21 anos e é 392º do ranking, venceu o sérvio Laslo Djere por 6/3 e 7/6 (7-4) para garantir o duelo caseiro contra o cabeça 8 Steve Johnson. Já o convidado Fritz, número 70 do mundo aos 20 anos, fez 6/1 e 6/4 contra o tunisiano Malek Jaziri e encara o cabeça 7 sérvio Filip Krajinovic.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis