Notícias | Dia a dia
Tsonga segue afastado e não disputará o US Open
20/08/2018 às 17h55

Tsonga disputou apenas dois torneios na atual temporada

Foto: Divulgação

Paris (França) - Afastado do circuito desde fevereiro, Jo-Wilfried Tsonga anunciou nesta segunda-feira sua desistência do US Open. O francês passou por cirurgia no joelho esquerdo em abril e tinha previsão de retorno para setembro, mas não conseguiu se recuperar a tempo para o Grand Slam norte-americano, que começa na semana que vem.

"Demora um tempo para eu me recuperar e eu ainda não estou em condições de competir. Então, infelizmente, eu não disputarei o US Open", disse Tsonga, em vídeo publicado em seu perfil no Twitter. "Espero poder recomeçar antes do final da temporada e voltar às quadras em melhores condições. Não é fácil, mas vou aguentar".

Ex-top 5, Tsonga ocupa atualmente o 64º lugar do ranking mundial. O francês de 33 anos disputou apenas dois torneios na temporada, o Australian Open e o ATP 250 de Montpellier, do qual foi semifinalista. Em 2018, foram apenas seis jogos disputados, com quatro vitórias e duas derrotas.

Como defendia apenas 45 pontos, por ter vencido um jogo na edição passada do Grand Slam americano, Tsonga não terá um impacto tão negativo no ranking. Caso consiga voltar ao circuito até o mês de outubro, ele terá a oportunidade de defender 550 de seus atuais 830 pontos, conquistados por um título na Antuérpia e um vice-campeonato em Viena, já na temporada de quadras cobertas que encerra o ano.

Com a desistência de Tsonga, quem entra diretamente na chave é o australiano de 26 anos
James Duckworth. Embora apareça apenas no 445º lugar, ele solicitou o ranking protegido como 105º depois de ter ficado um ano afastado das quadras, entre janeiro do ano passado e janeiro deste ano, por lesão no pé. O próximo da lista de espera é o boliviano Hugo Dellien.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis