Notícias | Dia a dia
Federer: 'Derrota mais frustrante que Wimbledon'
20/08/2018 às 13h27
Publicidade
Publicidade

Cincinnati (EUA) - Derrotado na final do Masters 1000 de Cincinnati, no último domingo, o suíço Roger Federer comparou o resultado negativo sofrido diante do sérvio Novak Djokovic com a eliminação nas quartas de final em Wimbledon diante do sul-africano Kevin Anderson e revelou estar mais frustrado agora do que no Grand Slam londrino.

“Contra Anderson foi diferente, durante três sets eu estive na partida. Não fui tão dominado quanto hoje contra Djokovic, em que cometi muitos erros. Por isso a derrota de agora me faz sentir pior”, comentou o número 2 do mundo, que na partida no All England Club chegou a vencer os dois primeiros sets antes de levar a virada.

O tenista da Basileia lamentou um dia ruim e disse que várias coisas não acabaram funcionando bem, ainda mais contra um Djokovic em grande forma. “Não estava conseguindo mexer bem os pés, talvez os jogos até tarde nos últimos dias tenham me custado um pouco. É uma situação frustrante, mas são coisas que acontecem às vezes”, falou Federer.

“Definitivamente não estava em um grande dia nas devoluções, errei demais, mas também tenho que dar o crédito a Novak, que sacou muito bem. Ele é um grande campeão e conseguiu um feito histórico”, completou o suíço, destacando o fato de Djokovic ter se tornado o primeiro jogador de simples a conquistar títulos em todos os Masters 1000 vigentes.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis