Notícias | Dia a dia
Kvitova retorna ao top 5 e Muguruza sai do top 10
20/08/2018 às 10h18
Publicidade
Publicidade

Miami (EUA) - Após quase três anos de espera, a tcheca Petra Kvitova enfim conseguiu retornar ao top 5. Semifinalista em Cincinnati, a canhota subiu para a quinta colocação no ranking da WTA, algo que não fazia desde o dia 25 de outubro de 2015.

Na contramão de Kvitova, a espanhola Garbiñe Muguruza se despediu do top 10 depois de mais de um ano inteiro nessa faixa de ranking. Ela não conseguiu defender o título em Cincy, foi eliminada logo na estreia e com isso caiu da nona para a 12ª colocação.

Uma das beneficiadas pela queda da espanhola de 24 anos foi a alemã Julia Goerges, que se firmou ainda mais no top 10 aparecendo agora na nona posição, a melhor da carreira até então. Também herdaram lugares deixados por Muguruza a letã Jelena Ostapenko (10ª) e a russa Daria Kasatkina (11ª).

Quem conseguiu aproveitar bem a semana passada foi a holandesa Kiki Bertens, que conquistou seu título mais importantes no circuito ao bater a número 1 do mundo Simona Halep na final e de quebra atingiu o ranking mais alta da carreira, subindo da 17ª para a 13ª colocação.

Também galgaram boas colocações em Cincinnati a bielorrussa Aryna Sabalenka e a ucraniana Lesia Tsurenko, ambas subindo nove lugares. A promissora tenista de 20 anos assumiu a 25ª colocação, a melhor da carreira, enquanto a ucraniana de 29 anos aparece 10 postos abaixo.

Entre as brasileiras, as quatro melhores do país amargaram quedas, com a paulista Beatriz Haddad puxando a fila. Ela perdeu 16 postos e agora é a 132ª do mundo. Na sequência aparecem as também paulistas Nathaly Kurata (440ª), Carolina Alves (457ª) e Thaisa Grana Pedretti (484ª).

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis