Notícias | Dia a dia
Goffin desiste, Federer busca octa e 99º título
18/08/2018 às 21h18

Federer segue atrás do 99º título da carreira

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) - Sete vezes campeão do Masters 1000 de Cincinnati, o suíço Roger Federer poderá ampliar o número de conquistas no torneio neste domingo às 17h, quando disputará a final com o sérvio Novak Djokovic. Na segunda semifinal do sábado, ele jogou pouco mais de um set, contando com o abandono do belga David Goffin quando já vencia com 7/6 (7-3) e 1/1.

Este será o 46º duelo entre Federer e Djokovic, que se cruzaram pela última vez na semifinal do Australian Open de 2016. O sérvio leva mínima vantagem de 23 vitórias, sendo as duas últimas seguidas. O triunfo mais recente do suíço foi no Finals de 2015.

Federer e Djokovic já decidiram Cincinnati por três vezes e em todas o suíço levou a melhor, em 2009, 2012 e 2015. O sérvio perdeu outras duas decisões para o britânico Andy Murray e tenta quebrar a escrita de nunca ter levantado o troféu do torneio, sendo o único Masters 1000 que lhe falta.

O primeiro set deste sábado foi um tanto sem graça. Os jogadores sacaram muito melhor do que devolveram até o 10º game e só então Federer começou a ter alguma chance de pressionar. Antes do tiebreak, Goffin teve de salvar três set-points e o fez com coragem. Federer errou o primeiro voleio, mas rapidamente tirou os dois saques de Goffin, saltou para 4-1 e não deu espaço para reação.

Imediatamente, o belga pediu atendimento para o ombro direito. Ele ainda aguentou o primeiro game de serviço, mostrando lentidão no saque e esforço contra os ataques de Federer, e aí no meio do terceiro game, quando novamente servia, optou pelo abandono.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis