Notícias | Dia a dia
Raonic bate compatriota e garante nº 1 nacional
16/08/2018 às 19h02

Os dois canadenses deverão ser cabeças de chave no US Open

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) - Milos Raonic se manteve de vez como o tenista canadense mais bem classificado no ranking internacional. Ele garantiu nesta quinta-feira seu lugar nas quartas de final do Masters 1000 de Cincinnati ao derrotar justamente o jovem compatriota Denis Shapovalov, com parciais de 7/6 (8-6) e 6/4.

Ex-top 3 que hoje ocupa o 29º lugar do ranking devido a seguidos problemas físicos, Raonic atinge as quartas de um Masters pela segunda vez na temporada, repetindo Miami. Seu adversário sairá do jogo da noite entre Novak Djokovic e Grigor Dimitrov.

Curiosamente, foi justamente ao sofrer derrota para Shapovalov nas oitavas de Madri deste ano que determinou os oito anos de domínio de Raonic como número 1 nacional. O canhoto de 19 anos confessou então que isso era algo muito significativo para ele. Na última segunda-feira, Raonic recuperou o posto de melhor canadense, mas o duelo desta noite era essencial. Agora, ele será pelo menos 27º, imediatamente à frente de Shapovalov. Os dois irão figurar como cabeças de chave no US Open.

Com o físico mais em dia e apostando mais no jogo de rede, Raonic derrota assim o quarto top 30 desde aquela queda em Madri, lista que inclui Tomas Berdych e Lucas Pouille em Hamburgo e David Goffin na semana passada em Toronto.

Dois jogadores bem agressivos, Raonic e Shapovalov fizeram um primeiro set sem quebras, apesar de o canhoto ter tido dificuldades para manter três de seus games de serviços, salvando no total quatro break-points. No tiebreak também muito parelho, quebrou o serviço e fez 6-5, mas perdeu então seus dois saques e permitiu a reação.

No segundo set, Raonic disparou no placar e chegou a 4/1, mas jogou um game tenebroso e cedeu o empate por 4/4. Shapovalov não aproveitou o momento, entrou nas trocas de bola e Raonic se mostrou muito mais consistente com seu pesado forehand, fechando a partida com 67% de acerto do primeiro saque e 86% desses pontos vencidos.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis