Notícias | Dia a dia
Djokovic se opõe a Federer sobre número de sets
16/08/2018 às 14h41

Federer que mais sets e Djokovic menos

Foto: Arquivo

Cincinnati (EUA) - Rivais dentro de quadra, o suíço Roger Federer e o sérvio Novak Djokovic se colocaram em lados opostos também fora delas. Tudo isso porque o tenista da Basileia falou, em entrevista ao Tennis Channel, que gostaria de ver a volta de partidas em melhor de cinco sets nas finais dos Masters 1000, como acontecia no circuito até 2007.

Questionado sobre a opinião de Federer, o sérvio rebateu e não só se mostrou contrário à ideia do atual número 2 do mundo, mas também defendeu uma mudança radical nos Grand Slam, diminuindo a forma de disputa para melhor de três sets.

"Eu provavelmente colocaria mais partidas em melhor de cinco nas finais. Nos Masters 1000, acho que temos a oportunidade de jogar cinco sets nas finais e, definitivamente, no ATP Finals. Porque acho uma pena não termos jogos em melhor de cinco sets no circuito. Eles acontecem em todas as rodadas nos Slams, na Copa Davis e na final olímpica”, disse Federer.

“Acho que é uma chance desperdiçada. É também para a proteção dos jogadores, por causa das lesões. Eu comecei quando havia muito mais jogos de cinco sets nas finais e eles desapareceram completamente. Acho uma pena, mas entendo as razões", complementou o dono de 20 títulos de Grand Slam.

Do outro lado, Djokovic foi na contramão do suíço. "Eu o ouvi falar sobre os jogos em cinco sets e sou totalmente contra isso, eu até colocaria as partidas do Grand Slams em melhor de três. Esta nova geração de fãs de tênis, os Millennials, não tem muito poder de concentração e quer que tudo aconteça rapidamente”, disparou o sérvio.

“Para que o tênis seja capaz de atrair público jovem, as partidas devem ser mais rápidas e dinâmicas”, complementou o tenista de Belgrado, que nesta quinta-feira enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov pelas oitavas de final do Masters 1000 de Cincinnati, enquanto Federer irá pegar o argentino Leonardo Mayer.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis