Notícias | Dia a dia
Djokovic larga mal, se recupera e vence de virada
15/08/2018 às 15h56

Djokovic deu susto no começo, mas depois deslanchou

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) - Depois de uma estreia firme no Masters 1000 de Cincinnati, o sérvio Novak Djokovic deu um susto em seus fãs na segunda rodada. Nesta quarta-feira, o cabeça de chave número 10 largou mal no duelo contra o francês Andrian Mannarino, saiu perdendo e foi buscar a virada com placar final de 4/6, 6/2 e 6/1, em 2h08 de disputa.

Classificado para as oitavas de final no torneio, o único dos Masters 1000 que ele ainda não venceu, ‘Nole’ terá pela frente o vencedor da partida entre o alemão Mischa Zverev e o búlgaro Grigor Dimitrov, atual campeão do torneio. O sérvio tem 2 a 0 nos duelos com o germânico e vence o retrospecto com o búlgaro por 7 a 1.

O primeiro set de Djokovic foi fraco. Salvou três break-points até cometer erros fatais no sétimo game mesmo com Mannarino mais preocupado em jogar bolas no seu backhand.

A postura do sérvio evoluiu ao longo do segundo set, desta vez mais contundente com os golpes. Ainda assim, trocou quebras até por fim abrir 4/1 e aí dominar. Antes de concluir o empate, pediu remédio para um provável desconforto estomacal.

Por fim, Djokovic colocou ordem na casa, passou a devolver com maior profundidade e deixou Mannarino com poucas opções. O sérvio fechou o jogo com 20 winners contra 23, mas 35 erros (19 de backhand) frente a 46. Jogo em que 30 pontos tiveram mais de nove golpes trocados.

Atual número 10 do mundo, o tenista de Belgrado deverá recuperar pelo menos duas colocações no ranking com sua campanha até então em Cincinnati, deixando para trás o austríaco Dominic Thiem e o norte-americano John Isner. Na melhor das hipóteses ele alcançará o sexto posto se conseguir enfim triunfar no torneio.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis