Notícias | Dia a dia
Federer garante que Wimbledon já é página virada
15/08/2018 às 10h47

Federer busca seu oitavo título em Cincinnati

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) - Em seu primeiro jogo desde a eliminação nas quartas de final de Wimbledon, quando levou uma virada do sul-africano Kevin Anderson após abrir 2 sets a 0, o suíço Roger Federer teve uma atuação firme na estreia no Masters 1000 de Cincinnati, batendo o alemão Peter Gojowczyk com duplo 6/4 nesta terça-feira.

“A cada dia que passa estou me sentindo melhor desde a queda em Wimbledon. É legal voltar a disputar uma partida desde que enfrentei Anderson, seve para você virar de vez essa página”, comentou atual número 2 do mundo, que não jogou o Masters 1000 de Toronto, na semana passada, e só irá disputar um torneio antes do US Open.

“Eu me senti bem nessa primeira partida, para ser honesto, não fiquei quase nada nervoso. Sabia bem o que queria e o que tinha que fazer, o plano de jogo foi simples”, analisou o suíço, que só voltará às quadras na quinta-feira, quando terá pela frente o argentino Leonardo Mayer.

Mesmo mostrando que se sente bem, Federer sabe que ainda precisa melhorar se quiser ir longe no torneio. “Acredito que leva uns dois ou três jogos para que você entre no ritmo, aprume o saque e se acostume bem com as bolas. Por isso fico feliz de ter superado esse primeiro obstáculo, que me dá a oportunidade de jogar mais uma vez”, falou o tenista da Basileia.

Esta é sua 16ª aparição no Masters 1000 de Cincinnati, onde já levantou a taça sete vezes, a última delas em 2015, ano de sua derradeira participação. Ele também se sagrou campeão em 2014, 2012, 2010, 2009, 2007 e 2005.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis