Notícias | Dia a dia
Mouratoglou: 'Federer levou três anos para mudar'
13/08/2018 às 12h35

Federer é o atual número 2 do mundo

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Em entrevista à Tennis Magazin, o técnico da norte-americana Serena Williams, Patrick Mouratoglou, elogiou a capacidade de Roger Federer de se reinventar, jogando um tênis mais ofensivo, mas fez questão de destacar que a mudança levou um tempo e foram precisos três anos para que enfim ficasse completa.

“Roger começou a mudar o estilo de jogo muito antes daquela lesão nas costas que o atrapalhou em 2016. Ele percebeu que, com o passar do tempo, estava ficando cada vez mais difícil encarar os jogadores mais jovens. Sua única opção era encurtar ralis, então ele trabalhou e passou a usar golpes mais agressivos, batendo na bola o mais cedo possível", disse Mouratoglou.

O treinador também destacou a mudança de raquete nesse processo. “Roger precisou de três anos para essa transição. Muitos pensaram que ele iria se reinventar de um dia para outro, mas não era bem assim. Ele tinha um plano de longo prazo e por isso que se tornou tão bom novamente”, analisou o técnico de Serena.

Além de falar sobre o suíço, Mouratoglou também comentou sobre as mudanças propostas para a Copa Davis. “Ela precisa mudar, com certeza. Quando a França venceu a Davis de 2017, a equipe não enfrentou nenhum dos 40 melhores jogadores até a final. David Goffin foi o único top 10 que jogou durante todo o ano e isso diz tudo sobre o estado da competição”.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis