Notícias | Dia a dia
Tsitsipas festeja 20 anos com façanha e final
11/08/2018 às 18h59

Tsitsipas ganhou de quatro top 10 consecutivamente

Foto: ATP

Toronto (Canadá) - O grego Stefanos Tsitsipas irá comemorar seu 20º aniversário no melhor lugar possível: a quadra central de Toronto, onde tentará o título do Masters 1000. Em outra atuação madura, em que salvou match-point, ele obteve a quarta vitória na semana em cima de um adversário top 10, ao virar o placar em cima do sul-africano Kevin Anderson com parciais de 6/7 (4-7), 6/4 e 7/6 (9-7), após 2h47.

Ele quebra assim uma marca de Rafael Nadal e se torna o mais jovem tenista a ganhar de quatro top 10 num Masters 1000, desde que a série de torneios foi criada em 1990. Nadal tinha três triunfos aos 19 anos em Monte Carlo de 2006. Nesta incrível sequência, o grego superou sucessivamente Dominic Thiem, Novak Djokovic, Alexander Zverev e Anderson, tendo ainda salvado dois match-points na sexta-feira diante do alemão e outro neste sábado. Curiosamente, Jo-Wilfried Tsonga também superou quatro top 10 para ganhar Toronto em 2014.

Esta será apenas a segunda final de nível ATP na curta carreira do grego. Em abril, ele perdeu a decisão de Barcelona para Nadal, que pode ser seu adversário deste domingo. O líder do ranking enfrentará na rodada noturna deste sábado o russo Karen Khachanov, de 22 anos.

Primeira não cabeça na final do Canadá desde Nicolas Kiefer em 2008, o grego dispara no ranking. Sairá o atual 27º posto para o 15º. No ranking da temporada que soma pontos desde janeiro, será o 12º e com isso passa a ser candidato à vaga no Finals de Londres.

Para obter sua segunda vitória de virada em cima de Anderson, Tsitsipas mostrou novamente tranquilidade e grandes recursos técnicos. A partida foi intensamente disputada praticamente game a game, com os dois jogadores dividindo chances, belos lances e tentativas ofensivas. Não houve break-points ao longo de todo o primeiro set e o grego chegou a ter 4-1 no tiebreak, perdendo então seis pontos consecutivos.

Mas Tsitsipas ficou no jogo. Aproveitou a segunda chance de quebra para ir a 3/1 e segurou a vantagem, evitando com coragem dois break-points num decisivo oitavo game.

O terceiro set viu os dois tenistas se arriscando mais à rede e a cabeça do grego foi novamente testada, quando encarou um longo sexto game e evitou por duas vezes a quebra. Pouco depois, Anderson também encarou o perigo e disparou um forehand na paralela para fugir do break-point e ir a 5/4.

A decisão foi a um emocionante tiebreak, onde novamente os dois trocaram chances. O grego desperdiçou dois match-points quando chegou a 6-4, um deles com dupla falta, e se safou de perder a partida ao executar um backhand cruzado incrível. Por fim, fez ace e viu o experiente adversário errar na troca de bolas.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis