Notícias | Dia a dia
Nadal busca a virada e alcança a 6ª semi do ano
10/08/2018 às 23h39

Aos 32 anos, Nadal tenta alcançar a final de número 116 da carreira

Foto: Divulgação

Toronto (Canadá) - Depois de se ver em risco e com poucas opções no primeiro set, Rafael Nadal buscou a virada e garantiu vaga nas semifinais do Masters 1000 de Toronto. O número 1 do mundo teve que lutar por 2h19 para derrotar o croata Marin Cilic, sétimo colocado, por 2/6, 6/4 e 6/4.

Esta será a sexta semifinal da temporada para Nadal, que além de liderar o ranking mundial também é o primeiro colocado na corrida por uma vaga no ATP Finals e para terminar o ano como número 1 do mundo. Vencedor de 79 títulos no circuito, incluindo 32 Masters 1000, o espanhol de 32 anos tenta alcançar a final de número 116 da carreira.

Depois de conquistar sua sexta vitória em oito jogos contra Cilic, Nadal agora se prepara para enfrentar o jovem russo de 22 anos e 38º colocado Karen Khachanov. Os dois se enfrentam a partir das 21h (de Brasília) deste sábado e o espanhol levou a melhor nos três encontros anteriores.

Com um jogo bastante agressivo, Cilic já conseguiu uma quebra no terceiro game da partida. Disposto a bater todas as bolas com profundidade e ângulo, o croata tinha o controle dos pontos e ampliou a vantagem dois games mais tarde, quebrando novamente o saque do espanhol após um winner de devolução para liderar por 4/1.

Nadal buscava soluções para controlar a potência do croata e conseguiu salvar cinco set points antes de voltar a confirmar o serviço em um game de onze minutos. O espanhol, entretanto, não conseguiu ameaçar o saque do croata, que só perdeu cinco pontos em seu serviço durante o set inicial. Cilic terminou a parcial com 17 winners, o que corresponde à metade dos pontos vencidos por ele durante a parcial.

Logo na abertura do segundo set, Nadal já teve que salvar um break point. Pouco depois, o número 1 do mundo conseguiu uma boa sequência e venceu oito pontos seguidos para quebrar o saque de Cilic pela primeira vez e liderar por 3/1. Com mais primeiros serviços em quadra nos momentos cruciais, o espanhol escapou de três break points para ampliar a vantagem. Quando sacava para fechar, Nadal permitiu a quebra ao croata, mas acabou ganhando o set no game seguinte após uma sequência de erros do adversário.

Cada vez mais confiante no terceiro set, Nadal vinha confirmando seus serviços com mais tranquilidade e não enfrentou break points na parcial decisiva. O espanhol tentou tirar o máximo de bolas possíveis da linha de cintura do croata para que o rival estivesse menos confortável e mais suscetível aos erros. Depois de confirmar o saque em um game difícil com o placar empatado por 4/4, Nadal colocou Cilic contra a parede. Pressionado, Cilic cometeu três erros bobos até mesmo com o forehand e não escapou da derrota.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis