Notícias | Dia a dia
Frustrado com a derrota, Djokovic lamenta dia ruim
10/08/2018 às 09h08

Djokovic caiu em simples, mas segue nas duplas

Foto: Divulgação

Toronto (Canadá) - Acabou na última quinta-feira a campanha do sérvio Novak Djokovic na chave de simples do Masters 1000 de Toronto, superado pelo jovem grego Stefanos Tsitsipas em batalha de três sets. O tenista de Belgrado lamentou um dia abaixo da média, mostrou confiança em que poderá dar a volta por cima na próxima semana e ainda enalteceu o seu algoz na competição.

“Agora vou para o Masters 1000 de Cincinnati, o único que eu nunca venci, e quem sabe eu não consigo fazer um bom torneio. Quem sabe com as duplas e com os treinos eu não consigo o que preciso para este próximo torneio”, observou o sérvio, que está nas quartas de final de duplas ao lado do sul-africano Kevin Anderson.

Djokovic ficou descontente com o que apresentou, mas já pensa no futuro. “Perder neste tipo de torneio não é uma coisa que eu não ligo, isso me deixa frustrado. Mas tenho que aceitar, lidar com o que aconteceu e seguir em frente. Apenas não consegui jogar muito bem, principalmente da linha de base. Também não estava devolvendo bem e no geral acabei não fazendo uma grande partida”.

“Você sempre tem esses dias ruins e é melhor que eles aconteçam antes do eu no fim dessa série de torneios”, complementou o sérvio, que não poupou elogios ao grego de 19 anos que o derrubou nas oitavas de final em Toronto.

“Sem dúvida ele é um dos líderes da nova geração, especialmente na atual temporada, em que tem conseguido resultados incríveis. Ele mostra um grande comprometimento, muita disciplina, trabalha duro tanto na academia quanto nas quadras de tênis e está vendo tudo isso dar resultado. Além de tudo, é um cara muito talentoso e de grande futuro”, falou o sérvio sobre Tsitsipas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis