Notícias | Dia a dia
Apesar da vitória, Zverev busca melhor adaptação
09/08/2018 às 09h43

Zverev defende o título no Masters 1000 canadense

Foto: Divulgação

Toronto (Canadá) - A conquista do bicampeonato no ATP 500 de Washington pode ter servido para deixar a confiança do alemão Alexander Zverev ainda maior para a temporada de torneios em piso duro na América do Norte, mas em contrapartida acabou comprometendo um pouco sua preparação para o Masters 1000 de Toronto.

Mesmo sem a adaptação perfeita, ele fez o suficiente para bater o quali norte-americano Bradley Klahn com um duplo 6/4. “Não é fácil vir do calor que estava em Washington e jogar aqui à noite. A quadra estava bem rápida, ele jogou bem, foi agressivo e sacou muito. Fico feliz de ter conseguido uma quebra em cada set”, analisou o jovem germânico.

Na próxima rodada, Zverev terá pela frente o russo Daniil Medvedev, outro nome da nova geração. Apesar da pouca idade, o alemão, que defende em Toronto o título conquistado no ano passado em Montréal, se diz estabilizado no circuito.

“Tenho 21 anos, estou há quatro temporadas no circuito e por isso sinto que já passei por aquele período de transição. Claro que estou aprendendo ainda e acho que nunca vou parar de aprender. Tento descobrir melhores formas para que meu tênis seja mais efetivo”, falou o atual número 3 do mundo.

“O tênis sempre foi, para mim, algo que eu gosto de fazer. No momento que deixar de desfrutar da competição será a hora de deixar o circuito. Acredito que um dia chegará o momento em que não estarei motivado para continuar e então irei buscar outra coisa para fazer”, complementou Zverev.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis