Notícias | Dia a dia
ATP abre processo para sede do Finals após 2020
08/08/2018 às 09h23

ATP irá estudar novos locais ao redor do mundo, mas também cogita manter a competição em Londres

Foto: ATP

Londres (Inglaterra) - Os dias de Londres como sede do ATP Finals podem estar contados. Isso porque a entidade que comanda o circuito masculino resolveu abrir um processo interno para determinar a cidade que irá abrigar a competição depois de 2020.

Garantido na capital inglesa neste e nos próximos dois anos, o torneio que fecha o calendário da ATP se estabeleceu com sucesso como um dos principais eventos esportivos anuais em todo o mundo, com mais de 250.000 espectadores por ano na Arena O2.

Além disso, o Finals também tem alcançado uma média de 95 milhões de telespectadores a cada ano. Com sucesso de público e crítica, Londres vem recebendo a competição desde 2009, mas pode deixar de ser a sede do evento a partir de 2021.

“Nosso torneio de final de temporada tem sido um enorme sucesso desde que se mudou para Londres em 2009 e esperamos continuar o crescimento do torneio nos próximos três anos na Arena O2”, disse Chris Kermode, presidente da ATP.

“A popularidade e a estatura do torneio alcançaram níveis sem precedentes em Londres, o que atraiu um interesse significativo de possíveis futuras cidades-sede ao longo dos anos. Sentimos que é a hora certa para empreender este processo de licitação internacional”, explicou Kermode, destacando que Londres também poderá seguir recebendo a competição.

O torneio foi realizado pela primeira vez em Tóquio em 1970 e já aconteceu em algumas das principais cidades do mundo, incluindo Nova York, Sydney e Xangai. A temporada mais longa em um único local foi em 13 edições consecutivas no Madison Square Garden, de 1977 a 1989.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis