Notícias | Dia a dia
Sascha confirma favoritismo no duelo dos Zverev
02/08/2018 às 22h51

Duelo em Washington terminou com um abraço entre os dois irmãos

Foto: Divulgação

Washington (EUA) - Pela primeira vez na elite do circuito, os irmãos alemães Mischa e Alexander 'Sascha' Zverev se enfrentaram. Em jogo válido pelas oitavas de final do ATP 500 de Washington, Sascha fez valer seu melhor momento no circuito. Número 3 do mundo e atual campeão do torneio, o caçula de 21 anos garantiu lugar nas quartas de final ao vencer o irmão de 30 anos e 42º colocado por 6/3 e 7/5.

Os irmãos Zverev já haviam se enfrentado duas vezes em competições menores, com vitórias para Mischa no challneger de Dallas em 2012 e no qualificatório para o ATP 250 de Houston em 2014. A partida desta quinta-feira foi inédita em um torneio de primeira linha. Antes desse jogo, o último duelo entre irmãos na ATP aconteceu com os austríacos Jurgen e Gerald Melzer no saibro de Kitzbuhel em 2016.

Com a missão de defender 500 pontos no ranking nesta semana para sustentar sua atual terceira posição, Alexander Zverev enfrenta nas quartas de final o vencedor da partida entre o japonês Kei Nishikori e o canadense Denis Shapovalov. O alemão tem uma vitória e uma derrota contra Nishikori, número 20 do mundo, e levou a melhor nos dois duelos anteriores contra Shapovalov, atual 26º do ranking.

Antes do início da partida, o árbitro de cadeira Mohamed Fitouhi convencionou a utilização dos nomes "Mischa Zverev" e "Sascha Zverev" nas chamadas em quadra. Apesar da competitividade e do bom nível técnico em quadra, a partida teve um clima leve e cordial entre os dois irmãos, especialmente nos lances de disputas na rede e nas reações de cada jogador depois de vencer cada ponto.

Os sacadores prevaleceram durante o set inicial, em que Sascha Zverev cedeu apenas sete pontos em seus games de serviço e aproveitou o único break point que teve, já no oitavo game. O caçula da família também foi o primeiro a quebrar na parcial seguinte e liderou por 3/2, mas Mischa buscou a igualdade de imediato. Pouco depois, o jogo teve uma breve interrupção por chuva, algo frequente ao longo da semana em Washington. Quando vencia por 5/4, o irmão mais velho teve um set point, mas Sascha o salvou com ótimo saque. O número 3 do mundo então voltaria a quebrar o serviço do adversário antes de sacar para o jogo, confirmar a vitória e abraçar o irmão.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis