Notícias | Dia a dia
Wawrinka acredita que volta é um processo longo
01/08/2018 às 11h28

Wawrinka acumula 11 derrotas e 6 vitórias no ano

Foto: ATP

Washington (EUA) - Pela sexta vez na temporada o suíço Stan Wawrinka não conseguiu sequer passar da estreia em um torneio. Nesta terça-feira ele foi superado pelo norte-americano Donald Young na primeira rodada do ATP 500 de Washington, acumulando sua 11ª derrota em 2018 contra apenas seis vitórias.

Ainda em busca de sua melhor forma, o suíço não se desespera e sabe que o processo para retomar o nível de outrora é demorado. E mesmo que os resultados não venham sendo dos mais positivos, Wawrinka consegue ver um lado bom, destacando o físico em ordem e a motivação para seguir lutando.

"É um processo longo e já faz um ano desde a operação. Sinto que estou muito perto e ao mesmo tempo muito longe. Fisicamente me sinto muito bem, venho treinando bem e sei bem aonde quero chegar, mas vai demorar e preciso aceitar", comentou o dono de três títulos de Grand Slam.

O desempenho do compatriota Roger Federer e do espanhol Rafael Nadal em 2017, quando voltaram com tudo logo após um tempo de afastamento, não pressiona Stan para busca de resultados imediatos. No ano passado, Roger e Rafa voltaram direto para o topo, mas não dá para comparar problemas diferentes, lesões diferentes. Alguns jogadores se recuperam mais rapidamente que os outros", avaliou.

Wawrinka também falou sobre o resultado e lamentou os 42 erros não forçados. "Foi uma derrota dura, com certeza. Dói muito perder na primeira rodada aqui, especialmente com 7/6 no terceiro set. Cometi muitos erros e não consegui encontrar o meu caminho. Tenho buscado confiança e perder assim é complicado e ficar sem vencer por tanto tempo te faz pensar muito em quadra", completou o suíço.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis