Notícias | Dia a dia
Wawrinka erra demais em nova eliminação precoce
31/07/2018 às 22h46

Wawrinka tem apenas seis vitórias na temporada e perdeu em seis estreias

Foto: Divulgação

Washington (EUA) - A temporada de Stan Wawrinka segue marcada por eliminações precoces. Em seu primeiro compromisso no ATP 500 de Washington, o ex-número 3 do mundo lutou por 2h20, mas caiu diante do norte-americano Donald Young com parciais de 6/4, 6/7 (5-7) e 7/6 (7-3). A diferença no número de erros não-forçados foi determinante, com 42 para o suíço contra 27 do anfitrião.

Com apenas seis vitórias em dezessete jogos disputados na temporada, Wawrinka foi eliminado na estreia em seis dos onze torneios que disputou e só venceu duas seguidas no mesmo evento durante o ATP 250 de Sófia, em fevereiro, quando foi semifinalista da competição em quadras duras e cobertas.

O suíço de 33 anos encerrou a temporada passada em Wimbledon e passou por duas cirurgias no joelho esquerdo. Depois de voltar às quadras em janeiro e não conseguir os resultados esperados, Wawrinka ficou mais três meses parado para se recuperar melhor do joelho. Nesse intervalo, aproveitou para retomar a parceria com o técnico Magnus Norman.

Algoz de Wawrinka em Washington, Young é outro jogador que está longe de seu melhor nível. Ex-número 38 do mundo, o norte-americano de 29 anos ocupa atualmente o 234º lugar no ranking e marcou apenas sua terceira vitória em nível ATP na temporada. Vindo do quali, Young enfrenta na segunda rodada mais um ex-top 5, o japonês Kei Nishikori.

Wawrinka foi quebrado logo em seu primeiro game de serviço, mas depois não enfrentaria outros break points durante o set inicial. Entretanto, o suíço teve poucas chances contra o saque do norte-americano e fez apenas cinco pontos na devolução durante a parcial. Os erros cometidos pelo ex-top 3, especialmente com o backhand, foram frequentes.

O segundo set não teve quebras ou break points. Wawrinka, entretanto, esteve perto da vitória quando vencia por 6/5, mas errou duas devoluções seguidas no final do game. O tiebreak começou melhor para o suíço, beneficiado por uma dupla-falta do anfitrião, mas Young rapidamente reagiu marcando quatro pontos seguidos graças aos erros do campeão de três Grand Slam. Young chegou a liderar por 5-3 e teve dois saques para vencer o jogo, mas fez outra dupla falta e um erro não-forçado, que possibilitaram a reação do suíço na parcial.

Os sacadores também dominaram a parcial decisiva, sendo que Wawrinka teve dois break points, quando o placar estava empatado por 3/3, mas não os aproveitou. Com uma ótima devolução, Young saiu na frente no tiebreak e liderou por 3-1, mas permitiu a igualdade ao cometer dois erros seguidos. O suíço, entretanto, não venceria mais pontos, perdeu o saque na sequência e errou duas devoluções consecutivas antes de sofrer mais uma eliminação.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis