Notícias | Dia a dia
Luthi: 'Roger não precisa jogar muito antes de Slam'
29/07/2018 às 15h59

Luthi enalteceu decisão de não jogar em Toronto

Foto: Arquivo

Zurique (Suíça) - Responsável por capitanear a equipe suíça na Copa Davis e também por treinar o atual número 2 do mundo Roger Federer, o técnico Severin Luthi falou sobre os próximos passos do pupilo no circuito e elogiou a decisão de ter desistido de jogar o Masters 1000 de Toronto. Ele também enalteceu o sérvio Novak Djokovic e o apontou como forte candidato para os próximos torneios.

"Sempre pensei que Novak voltaria ao seu melhor nível, mas não sabia quando conseguiria isso exatamente. Ele é um tenista muito perigoso e temos que ver como irá se sair nos próximos torneios. Ainda não acho que ele esteja na mesma forma física que mostrou três anos atrás", falou o capitão suíço em entrevista ao Tages Anzeiger.

Luthi enalteceu a decisão de Federer só disputar um torneio na preparação para o US Open, participando apenas do Masters 1000 de Cincinnati. "Podem questionar isso numa eventual derrota prematura em Cincinnati, mas o mais importante é chegar fresco, motivado e inspirado. Com 37 anos, ele sabe que não precisa jogar muitos torneios antes de um Grand Slam", analisou o treinador, que também falou sobre a queda do pupilo nas quartas de Wimbledon.

"Não acho que a derrota tenha sido uma decepção, pois Kevin fez uma partida muito boa. Acho que não foi Roger que perdeu aquele jogo e sim (Kevin) Anderson que conseguiu vencer. A partir do segundo set, Federer começou a jogar mais conservador e deu ao seu adversário a chance de se recuperar na partida", comentou o técnico suíço.

"Também vimos alguns erros pequenos que iremos corrigir para os próximos jogos. Roger ficou muito atrás da linha de base, o que não é comum e isso ajudou Kevin a dominar o confronto. As condições da Quadra Central são diferentes da Quadra 1, mas isso não é desculpa para a derrota de Roger", falou Luthi.

O treinador do dono de 20 títulos de Grand Slam revelou também como foram os dias seguintes à queda no All England Club. "Depois de ser eliminado em Wimbledon, ele descansou alguns dias junto de sua família e logo em seguida já começou a treinar na academia e também nas quadras", finalizou o capitão suíço na Copa Davis.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis