Notícias | Dia a dia
Mexicanos ainda sonham com Federer jogando lá
29/07/2018 às 11h59

Federer nunca jogou Acapulco e nem Los Cabos

Foto: Arquivo

Los Cabos (México) - Os organizadores do ATP 500 de Acauplco e do ATP 250 de Los Cabos, este que acontecerá nesta próxima semana, não desistem do sonho de um dia poder contar com a presença do suíço Roger Federer em seus torneios. Mesmo após tentativas frustradas, eles ainda acreditam que possam trazer o dono de 20 Grand Slam para o país.

"Não é uma missão impossível, já tentamos várias vezes e não vamos desistir agora", afirmou Raúl Zurutuza, diretor geral da Mextenis em entrevista à versão espanhola do TennisWorld. Acapulco tem conseguido levar grandes nomes para o torneio, principalmente desde a mudança do saibro para o piso duro.

O torneio mexicano, que serve de preparação para os Masters 1000 de Indian Wells e Miami contou neste ano, por exemplo, com a presença de jogadores do calibre do alemão Alexander Zverev, do austríaco Dominic Thiem, do croata Marin Cilic e do argentino Juan Martin del Potro. Eles também já tiveram por lá o espanhol Rafael Nadal, o sérvio Novak Djokovic e o britânico Andy Murray.

"Mas também não podemos nos enforcar trazendo apenas um jogador, mesmo que seja o melhor do mundo. Não é apenas um jogador que faz o torneio, vai além disso", observou a direção dos dois torneios.

A terceira edição do ATP 250 de Los Cabos começará nesta segunda-feira contando com um top 5, Del Potro, um top 20, o italiano Fabio Fohnini, além da presença do norte-americano Sam Querrey, atual campeão do torneio e que já foi o 11º do mundo, ocupando agora a 29ª colocação no ranking da ATP.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis