Notícias | Dia a dia
Federer descola seus feitos da rivalidade com Nadal
27/07/2018 às 14h56

Federer não ignorou as batalhas com Nadal

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Uma das maiores rivalidades do tênis, os encontros entre o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal mexem sempre com o circuito e dividem os fãs. Enquanto muitos consideram que ambos foram muito importantes para a carreira do rival, sempre exigindo mais, para o tenista da Basileia a situação não é exatamente assim.

Embora reconheça a importância de Nadal em sua carreira, Federer descola o espanhol de seu desempenho final “Ouvi comentários de pessoas dizendo que se não fosse Rafa eu não teria chegando aonde cheguei, mas acho que não é bem assim. Se eu não tivesse ele por perto para me desafiar, com certeza algum outro faria esse papel”, disse o suíço para a ESPN.

“Acredito que ele tenha sim uma pequena contribuição no jogador que me tornei, pois fez parte de minha carreira tentar decifrar o que Rafa faz em quadra e descobrir como poder vencê-lo, especialmente por ele ser canhoto e eu ter um backhand de uma mão”, analisou o atual número 2 do mundo.

“Claro que ele é meu maior rival e o cara contra quem tive minhas maiores batalhas. Mas eu gosto muito de jogar tênis, independentemente de ser em uma quadra central ou na quadra 16, é algo divertido para mim. Adoro vencer em Wimbledon e não importa muito contra quem eu jogo, pois sempre quero vencer”, completou Federer.

Derrotado pelo sul-africano Kevin Anderson nas quartas de final na tradicional grama do All England Club, o suíço resolveu fazer uma preparação mais enxuta para o US Open e disputará apenas um torneio preparatório para o último Grand Slam da temporada, jogando o Masters 1000 de Cincinnati.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis