Notícias | Dia a dia
Orlandinho elimina favorito e vence a 8ª seguida
27/07/2018 às 14h54

Orlandinho tenta alcançar sua quarta final de future no ano

Foto: Arquivo

Porto (Portugal) - O bom momento de Orlando Luz nos futures disputados no saibro europeu teve continuidade nesta sexta-feira, quando o gaúcho garantiu vaga na semifinal do future de US$ 25 mil no saibro da Cidade do Porto. Orlandinho surpreendeu o principal favorito do torneio, o 418º colocado francês Samuel Bensoussan, ao marcar um duplo 6/1 em apenas 69 minutos.

Vindo de título no saibro alemão de Kassel, Orlandinho acumula oito vitórias seguidas em torneios de nível future. Além disso, ele disputará sua terceira semifinal consecutiva no circuito, já que parou na penúltima rodada do torneio holandês de Amstelveen há duas semanas.

Com quatro títulos de future na carreira, dois deles em 2018, Orlandinho tenta alcançar a décima final da carreira e a quarta da temporada. O gaúcho encara o húngaro de 19 anos e 412º colocado na ATP Mate Valkusz. O duelo será um encontro entre dois jogadores que já lideraram o ranking mundial juvenil da ITF.

A sequência de resultados positivos terá impacto positivo no ranking. O gaúcho começou a temporada no 725º lugar e já aparece na 570ª posição. Os 35 pontos referentes ao título da semana passada sequer foram computados ainda e devem levá-lo a superar seu antigo recorde pessoal, a 450ª posição alcançada em novembro de 2015.

Com oito pontos já garantidos, Orlandinho deve se aproximar dos 400 melhores do mundo no ranking a ser divulgado no dia 6 de agosto. Ele pode faturar quinze pontos com o vice-campeonato e 27 em caso de título, que podem aproximá-lo dos 350 melhores do mundo. Lembrando que até o final do ano, o gaúcho tem apenas cinco pontos a defender. 

Outro brasileiro entre os semifinalistas é o carioca Wilson Leite, jogador de 26 anos e 716º do ranking marcou um duplo 6/4 contra o cabeça 8 francês Maxime Chazal. Dono de quatro títulos de future na carreira, Leite pode alcançar sua nona final. Para isso, ele precisa passar pelo quinto favorito local Hugo Borges. O melhore ranking da carreira de Leite foi o 341º lugar, alcançado em 2014.

Nas duplas, Orlando Luz e o paulista Felipe Meligeni Alves garantiram vaga na final depois da vitória por 6/0 e 7/5 contra os franceses Maxime Chazal e Clement Larriere. A parceria brasileira enfrenta na decisão o português Fred Gil e o austríaco David Pichler.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis