Notícias | Dia a dia
Jarry surpreende e elimina Thiem em dois tiebreaks
27/07/2018 às 13h58

Jarry faz sua terceira semifinal na temporada

Foto: ATP

Hamburgo (Alemanha) - Semifinalista no Rio Open e depois vice-campeão no Brasil Open, o jovem chileno Nicolas Jarry coltou a fazer uma boa campanha nesta semana no ATP 500 de Hamburgo. Nesta sexta-feira ele garantiu vaga nas semifinais ao surpreender o austríaco Dominic Thiem, principal favorito na competição, ao triunfar com 7/6 (7-5) e 7/6(9-7), depois de 1h57.

Atual 69 do mundo, o chileno de 22 anos não ia tão longe em um torneio justamente desde de sua passagem pelo Brasil. Seu próximo oponente no saibro alemão sairá do confronto entre o georgiano Nikoloz Basilashvili, que veio do qualificatório, e do espanhol Pablo Carreño, cabeça de chave 3, que fecham o dia no Rothenbaum Tennis Center.

O desempenho nesta semana em Hamburgo pode levar Jarry a uma inédita vaga no top 50, sendo que sua melhor colocação até então foi a 59ª obtida em maio deste ano. Ele está subindo provisoriamente para a 50ª posição no ranking, mas ainda pode ser ultrapassado por rivais como o australiano Mattew Ebden, que está nas quartas de Atlanta, e o argentino Leonardo Mayer, semifinalista no mesmo torneio alemão.

Um pouco mais cedo, Mayer levou a melhor no duelo 100% argentino com o segundo favorito Diego Schwartzman, triunfando por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3, depois de 2h13 de embate. Seu próximo oponente será o eslovaco Jozef Kovalik, responsável pela eliminação do cearense Thiago Monteiro, em um repeteco do que aconteceu no qualificatório.

A partida entre Thiem e Jarry foi equilibradíssima, tanto que os dois sets só foram definidos no tiebreak. No primeiro, o austríaco chegou a ter uma quebra de vantagem e sacou em 5/4 para vencer, mas viu o rival devolver o break, empatar o jogo e vencer no desempate.

Já na segunda parcial, houve troca de quebras nos quatro primeiros games e mais uma decisão no tiebreak. O austríaco chegou a abrir 6-3 e teve três set-points seguidos, dois na devolução e o último deles com o saque, mas não aproveitou um sequer. Veio então o primeiro match-point para Jarry, que deixou ele escapar, mas não deixou passar a segunda oportunidade e selou a vitória.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis