Notícias | Dia a dia
Carreño salva o dia espanhol no ATP de Hamburgo
23/07/2018 às 15h32

Carreño sofreu, mas superou a estreia de virada

Foto: Divulgação

Hamburgo (Alemanha) - Por pouco a segunda-feira não foi apenas de derrotas espanholas no ATP 500 de Hamburgo. Coube ao cabeça de chave 3 Pablo Carreño salvar o dia na última partida da rodada, batendo de virada o alemão Florian Mayer com parciais de 2/6, 6/2 e 7/6 (7-4). Ele espera agora o vencedor do duelo entre o esloveno Aljaz Bedene e o atleta da casa Henri Laaksonen.

Quem não se deu bem no torneio alemão foi o experiente David Ferrer, que saiu do top 50 pela primeira vez em 13 anos e amargou mais uma derrota em estreia. Seu algoz da vez foi o convidado da casa Rudolf Molleker, de apenas 17 anos e atual 272 do mundo, que bateu o rival nove anos mais velho com o placar final de 7/5, 5/7 e 6/3.

O jovem germânico terá pela frente o eslovaco Jozef Kovalik, que veio do qualificatório e marcou parciais de 6/2 e 6/4 sobre o bósnio Damir Dzumhur, quarto pré-classificado, na estreia de ambos na chave principal. Será a primeira vez que o Molleker medirá forças com o eslovaco no circuito.

Também se despediu do torneio nesta segunda o espanhol Albert Ramos, que não foi páreo para o argentino Leonardo Mayer e caiu em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2. O ‘hermano’ aguarda agora pelo vencedor do confronto entre o cabeça de chave 6, o italiano Marco Cecchinato, e o francês Gael Monfils.

Segundo ais bem cotado ao título, o argentino Diego Schwartzman fez valer o favoritismo e eliminou o convidado norueguês Casper Ruud ao anotar parciais de 6/4, 2/6 e 6/2. Na próxima fase, ele enfrentará o alemão Daniel Masur, que veio do quali e venceu o compatriota Maximilian Marterer na estreia na chave principal, marcando 6/3 e 6/4.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis