Notícias | Dia a dia
Federer anuncia desistência do Masters de Toronto
23/07/2018 às 13h38

Federer completará 37 anos em agosto e só jogará um torneio antes do US Open

Foto: Arquivo

Toronto (Canadá) - Depois de jogar três torneios na grama e se despedir nas quartas de final de Wimbledon, Roger Federer disputará apenas um evento preparatório para o US Open. Embora não tenha nenhuma lesão ou problema físico, o suíço desistiu do Masters 1000 de Toronto, que começa daqui a duas semanas, e só jogará o Masters de Cincinnati.

"Estou muito desapontado por não jogar no Canadá este ano", disse Federer, por meio de um comunicado. "Fiz um ótimo torneio em Montréal no ano passado e sempre gosto de jogar na frente dos fãs canadenses", comenta o suíço, que foi finalista no ano passado, quando o torneio foi disputado em Montréal.

"Montar um bom calendário é fundamental para minha longevidade e infelizmente, decidi me retirar de Toronto este ano. Desejo todo sucesso e lamento ao torneio não poder participar", acrescenta Federer, que completará 37 anos no dia 8 de agosto. 

Embora perca 600 pontos no ranking, já que não terá como defender os resultados do ano passado, Federer deverá se manter na segunda colocação. Na temporada, o suíço tem 29 vitórias e quatro derrotas, com títulos no Australian Open, Roterdã e Stuttgart.

Federer tem dois títulos no Canadá, conquistados em 2004 e 2006. Tal como acontecerá este ano, aquelas duas edições aconteceram em Toronto. Quem herda a vaga do suíço na chave será o francês Jeremy Chardy, jogador de 31 anos e 43º do ranking. Chardy tem 60 vitórias e 71 derrotas em partidas de Masters 1000 na carreira, sendo seis delas na atual temporada.

A volta de Federer às quadras acontecerá no Masters 1000 de Cincinnati, torneio que acontece entre os dias 12 e 19 de agosto. O histórico do suíço é melhor no evento norte-americano, que historicamente tem quadras mais rápidas que as do Canadá. São sete títulos, sendo os dois últimos em 2014 e 2015.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis