Notícias | Dia a dia
Guga: 'O tênis brasileiro se resume a personagens'
20/07/2018 às 16h45

Guga acredita o atual tênis brasileiro tem apenas personagens isolados

Foto: Marcello Zambrana
Felipe Priante

São Paulo (SP) - Nesta sexta-feira, o catarinense Gustavo Kuerten esteve no Esporte Clube Sírio para participar do 6º ENEG (Encontro Nacional das Escolas Guga) que reunirá gestores e professores de tênis das 48 unidades franqueadas no país. Lá, ele se encontrou também com a imprensa e falou sobre o panorama do tênis brasileiro na atualidade.

“Ainda não existe um cenário do tênis brasileiro, temos apenas esboços e iniciativas favoráveis, mas não se enxerga com clareza para onde vamos. Temos que avançar muito neste quesito. Se não mudar, vai continuar dependendo e um maluco de Floripa, um cara do interior de São Paulo, e isso não é tênis brasileiro, são apenas personagens que acabam acontecendo”, observou Guga.

“No Rio Open caiu essa ficha de que o tênis brasileiro não existe, o que existe são os jogadores, ainda não temos um cenário com vários jogadores, um ciclo vindo, uma nova geração. Ainda é o Guga, o Meligeni, o Jaime, o Thomaz, o Thiago Monteiro. A gente ainda fala de personagens, infelizmente. Nossa produção é pouca para conseguir dar vida”, disse o ex-número 1 do mundo.

O catarinense acredita que a parte mais importante para consolidar o tênis nacional está na figura dos professores e treinadores. “Temos que investir neles para planejar um crescimento. Ser professor de tênis é difícil, vai muito além do que a gente consegue enxergar. Temos que incentivar esses caras, fazer com que fiquem 10, 15 ou até 20 anos”, comentou Guga, que usou Thiago Monteiro como exemplo.

“Ele tem capacidade de avançar mais, mas tudo que ele fez foi por força própria, não temos o que cobrar. Se ele ficar 10 anos ali entre os 120 ou 80, já vai contribuir muito, pois terá muita criança olhando e se inspirando. Quando ele foi às quartas no Rio Open pode ter levado muita criança a pisar na quadra pela primeira vez”, pontuou o tricampeão de Roland Garros.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis