Notícias | Dia a dia
Henman: 'Recorde de 20 Slam de Federer corre risco'
19/07/2018 às 13h12

Federer levou seu 20º Slam em Melbourne

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Em janeiro deste ano o suíço Roger Federer se tornou o primeiro homem a alcançar a marca de 20 títulos de Grand Slam ao levantar a taça do Australian Open. Meses depois, ele viu a sua vantagem em relação aos dois perseguidores mais próximos, Rafael Nadal e Novak Djokovic, cair com as conquistas do espanhol em Roland Garros e do sérvio em Wimbledon.

Para o britânico Tim Henman, ex-número 4 do mundo, a possibilidade de Federer ser ultrapassado por um destes dois no futuro existe. Atualmente, a vantagem do tenista da Basileia é de três para Nadal e sete para Djokovic, sendo que ele é quase cinco anos mais velho que o espanhol e seis anos mais velho que o sérvio.

“Cada vez mais as chances de Federer ficarão menores”, disse Henman em entrevista para a BBC. O ex-tenista profissional acredita que Nadal irá pelo menos vencer mais uma vez no saibro parisiense, podendo reduzir a diferença para dois e aposta que o canhoto de Mallorca é o mais cotado para eventualmente superar a marca de Federer.

“Não vejo alguém batendo Rafa em Roland Garros no próximo ano e por isso os 20 Grand Slam de Federer corre risco. O título de Novak em Wimbledon o coloca de volta na briga, mas eu diria que o mais cotado para poder superar esta marca é Nadal”, analisou o britânico.

Henman também fez uma avaliação sobre a disputa de Wimbledon, elogiou o desempenho de Djokovic e se mostrou otimista por futuras conquistas de Nadal e até do compatriota Andy Murray. “Ainda acho que Rafa possa vencer um e espero que Andy também possa voltar a brigar por um título”, finalizou.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis