Notícias | Dia a dia
Monteiro, Menezes e Sell se despedem em challengers
11/07/2018 às 12h40

Monteiro seguirá em Bastad para disputar um ATP 250 na semana que vem

Foto: Arquivo

Bastad (Suécia) - A participação de Thiago Monteiro no challenger de Bastad, torneio de 43 mil euros no saibro sueco, chegou ao fim nesta quarta-feira. Cabeça de chave número 4, Monteiro não confirmou o favoritismo e caiu nas oitavas de final após a derrota por duplo 6/4 para o 251º colocado espanhol Pedro Martinez.

Na temporada, Monteiro acumula sete vitórias pela elite do circuito e outras sete em nível challenger. O canhoto de 24 anos aparece atualmente no 130º lugar do ranking e tem como recorde pessoal a 74ª posição, alcançada em fevereiro do ano passado.

Como defendia 45 pontos por ter vencido um jogo em Wimbledon no ano passado, Monteiro perderá posições já que fez apenas seis pontos nesta semana e outros seis na semana passada no challenger de Marburg. Um desses resultados sequer vai entrar na lista de suas 18 melhores campanhas em um ano. Além disso, o cearense terá 40 pontos a defender nas duas próximas semanas.

Monteiro deverá permanecer em Bastad. Isso porque o cearense conseguiu herdar uma vaga direta na chave principal do ATP 250 que acontece na semana que vem na mesma cidade. Inicialmente, ele teria que dispoutar o quali, mas foi beneficiado pela desistência do italiano Thomas Fabbiano.

Menezes e Sell caem na estreia - O mineiro João Menezes, 323º do ranking, e o 379º colocado Karue Sell disputavam challengers de US$ 75 mil no piso duro norte-americano e foram eliminados ainda na rodada de estreia na última terça-feira.

Em Winnipeg, no Canadá, Menezes perdeu por 1/6, 6/2 e 7/6 (8-6) para o francês Antoine Escoffier. O jovem de 21 anos tem agora uma vitória e sete derrotas em sete participações em challenger na carreira. Já Karue Sell atuou em Winnetka, nos Estados Unidos, e perdeu para o convidado local Tom Fawcett por 3/6, 6/4 e 7/6 (7-4). Vindo do tênis universitário norte-americano, o jogador de 24 anos tem uma vitória e três derrotas em challengers.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis