Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Del Potro já tem planos para enfrentar Nadal
10/07/2018 às 17h07

Del Potro enfrentará Nadal pela 16ª vez e luta pela sexta vitória

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Garantido nas quartas de final de Wimbledon, Juan Martin del Potro já tem planos para o duelo contra Rafael Nadal. O argentino, que tem cinco vitórias e dez derrotas diante do rival tenta tirar lições do último duelo entre eles, a desequilibrada semifinal de Roland Garros a favor do espanhol.

"Será uma partida diferente da que jogamos em Paris há algumas semanas", disse Del Potro, que fez apenas sete games no último duelo entre eles. Na grama, o espanhol levou a melhor nos dois encontros já realizados, em 2007 e 2011.

"Tentarei manter meus games de saque na maior parte do tempo. Se eu quiser vencê-lo, tenho que ir à rede com mais frequência e bater forte na bola com meus forehands e backhands, e tentar aproveitar todas as chances", acrescenta o argentino, que venceu Nadal pela última vez na semifinal dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016.

Por ter chegado às quartas em Wimbledon, Del Potro já garantiu seu segundo melhor resultado no Grand Slam britânico. A melhor participação do argentino de 29 anos foi a semifinal alcançada em 2013. "Alcançar as quartas é um bom sinal para mim. Estou vivendo uma temporada muito boa e fico muito orgulhoso de estar entre os últimos oito jogadores do torneio. Todo mundo quer estar nessa fase".

"Todo mundo sabe que os favoritos são Roger [Federer] e Rafa [Nadal]. Mas os outros seis jogadores também estão lutando por esse grande objetivo. Podemos ter uma surpresa este ano. Nunca se sabe", explica o número 4 do mundo, que conquistou seu único título de Grand Slam no US Open de 2009.

Del Potro ainda falou sobre a difícil vitória sobre Gilles Simon pelas oitavas de final. O jogo teve três sets disputados na última segunda-feira e só foi finalizado na manhã desta terça. "Depois de três sets, três horas de jogo, você fica frustrado", comentou o argentino após a vitória por 7/6 (7-1), 7/6 (7-5), 5/7 e 7/6 (7-5). "Mas então voltamos hoje e disputei outro tie-break. Tive sorte de ele cometer erros em momentos importantes da partida. Acho que isso foi decisivo".

Comentários