Notícias | Dia a dia
Agassi sugeriu operação para Djokovic 11 meses atrás
10/07/2018 às 12h59

Agassi ficou com Djokovic até o começo de 2018

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Os problemas que o sérvio Novak Djokovic encarou no cotovelo no ano passado e que permaneceram no começo desta temporada até que ele enfim resolveu operar foram uma das causas que atrapalharam o relacionamento dele com o norte-americano Andre Agassi, que integrou sua equipe até o início de 2018.

Em entrevista ao jornal inglês The Guardian, Agassi revelou que os dois não estavam conseguindo entrar em acordo nos últimos tempos e que a opção de cirurgia no cotovelo direito foi uma das discordâncias entre os dois. “Estávamos concordando apenas em discordar um do outro”, falou o ex-número 1 do mundo.

“Novak tinha essa dor no cotovelo direito e tinha esperança de que podia se recuperar naturalmente. Eu não era muito partidário desta opção, pois quando e trata do corpo não se pode forçar. Cada um tem que tomar suas decisões sobre a saúde e como cuidar melhor do corpo”, comentou o norte-americano.

Enquanto o sérvio acreditava que apenas descansar era o mais apropriado, Agassi pensava bem diferente e defendia operar. “Quando vi os resultados da ressonância, em agosto do ano passado, fui muito claro e defendi a cirurgia imediata. Isso poderia ter encerrado o problema de uma vez por todas”, lembrou Agassi, que também contou um pouco das dificuldades na pré-temporada.

“Não tínhamos dois dias seguidos sem problemas. Chega um ponto que se você não é parte da solução acaba sendo parte do problema. Não estávamos de acordo com ele e vi que não poderia ajudá-lo mais”, finalizou o ex-treinador de Djokovic.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis