Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Soares vence e tenta semi inédita em Wimbledon
09/07/2018 às 09h47

Soares e Murray não chegam numa semi de Slam desde o US Open de 2016

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - O mineiro Bruno Soares e seu parceiro escocês Jamie Murray confirmaram o amplo favoritismo e passaram sem sustos para as quartas de final de Wimbledon. Os cabeças 5 derrotaram os irmãos britânicos Ken Skupski e Neal Skupski, por 6/3, 6/4 e 6/4.

Os próximos adversários saem da partida entre o sul-africano Raven Klaaven e o neozelandês Michael Venus, cabeças 13, e o argentino Leonardo Mayer e o português João Sousa, já que os principais favoritos, Oliver Marach/Mate Pavic sequer passaram da estreia.

Soares e Murray não perderam um único set nos três jogos disputados até agora, embora ainda não tenham enfrentado cabeças de chave. Na rodada anterior, os irmãos Skypski haviam surpreendido Aisam Qureshi e Jean Rojer.

Bruno já esteve por outras quatro vezes com a chance de atingir a semi, uma delas em 2016 já ao lado de Murray, mas ainda não conseguiu ir à penúltima rodada. É o único dos Grand Slam em que não obteve tal sucesso, já que ganhou Australian Open e US Open com Murray e foi semi em Paris em 2008 e 2013 com parceiros diferentes.

O escocês, ao contrário, já teve a experiência de disputar a final de Wimbledon de 2015, mas foi com o vice ao lado do australiano John Peers. Seus únicos troféus de Slam são esses obtidos ao lado do mineiro. Os dois não disputam uma semi desse nível desde o título do US Open, em setembro de 2016.

Comentários