Notícias | Dia a dia
Neis é campeão de duplas em Marburg, Romboli vice
07/07/2018 às 14h52

Neis defendeu o título conquistado no ano passado em Marburg

Foto: Arquivo

Marburg (Alemanha) - O gaúcho Fabricio Neis conquistou o bicampeonato de duplas do challenger alemão de Marburg, torneio que distribui 43 mil euros e é disputado no saibro. Neis e o espanhol David Vega Hernandez venceram neste sábado os suíços Luca Margaroli e Henri Laaksonen por 4/6, 6/4 e 10-8.

Este é o oitavo título de challenger da carreira de Neis e o segunda da temporada. Há duas semanas, a mesma parceria havia conquistado o challenger francês de Blois. Todos os torneios deste porte vencidos pelo gaúcho de 28 anos foram no saibro, sendo três no Brasil e quatro no exterior.

Atualmente ocupando a 118ª posição do ranking mundial de duplas, Neis chegou a ocupar o top 100 da modalidade em há menos de dois anos e seu recorde pessoal foi a 96ª posição, alcançada em outubro de 2016.

Além de defender os 80 pontos conquistados no ano passado, quando jogou ao lado do argentino Maximo Gonzalez, o gaúcho ainda terá a missão de defender 48 pontos na semana que vem, quando tem um vice-campeonato no challenger italiano de Perugia a descontar.

Romboli é vice na Itália - Pela segunda semana seguida, o carioca Fernando Romboli e o equatoriano Gonzalo Escobar ficaram com o vice-campeonato de duplas em um challenger no saibro italiano.

Assim como já havia acontecido em Milão, Romboli e Escobar foram finalistas do challenger de 43 mil euros em Recanati. A parceria sul-americana perdeu a decisão para os chineses Mao-Xin Gong e Ze Zhang por 2/6, 7/6 (7-5) e 10-8.

Romboli está com o melhor ranking da carreira em duplas ao ocupar o 146º lugar e não tem resultados a defender durante o mês de julho. O carioca de 29 anos já conquistou um título na temporada, no piso duro de Morelos, no México.

Sant'Anna cai na semi - O paulista Bruno Sant'Anna foi eliminado na semifinal do future de US$ 15 mil no saibro de Telfs, na Áustria. O jogador de 24 anos e 439º do ranking foi superado pelo austríaco Matthias Haim por 6/4 e 7/5.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis