Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Federer vence e iguala recorde de vitórias na grama
04/07/2018 às 12h11

Federer tem agora 26 sets seguidos em Wimbledon

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Dono de vários recordes no circuito, o suíço Roger Federer tem mais um para chamar de seu. Nesta quarta-feira, ele igualou a marca de 174 vitórias na grama do norte-americano Jimmy Connors ao bater o eslovaco Lukas Lacko pela segunda rodada de Wimbledon, marcando parciais de 6/4, 6/4 e 6/1, depois de 1h32 de confronto.

Embora agora esteja empatado com Connors como o maior vencedor sobre este piso na Era Aberta, o tenista da Basileia tem apenas o sétimo melhor aproveitamento, com seus 87,3%. Ele fica atrás de nomes como Don Budge (91,2%), Bill Tilden (90,5%), Bobby Riggs (89,5%), Fred Perry (88,8%), Rene Lacoste (88,7%) e Ellsworth Vines (88,6%).

Com mais uma vitória em sets diretos, Federer chega a 26 parciais seguidas em Wimbledon, igualando assim sua segunda maior sequência no torneio, alcançada entre a terceira rodada de 2003 e as quartas de final em 2004. Seu maior período de invencibilidade em relação a sets aconteceu entre a terceira rodada de 2005 e a final de 2006, quando venceu 34 seguidos.

Oito vezes campeão no All England Club, o suíço terá como próximo adversário o vencedor da partida envolvendo o alemão Jan-Lennadrd Struf e grandalhão croata Ivo Karlovic e seu perigoso saque. Ele venceu o germânico de 28 anos nas duas vezes que se cruzaram e tem ampla vantagem nos embates com o croata, somando 13 triunfos em 14 partidas.

Federer optou por um estilo conservador ao longo do primeiro set e raramente saiu da linha de base. Chegou a perder sete pontos com o serviço, sendo dois deles com o primeiro, porém jamais permitiu qualquer aventura ao adversário. Na primeira chance que teve, obteve a quebra.

O segundo set foi bem melhor para o suíço. Além de sacar cada vez melhor - ganhou todos os 20 pontos em que serviu ao longo do set, com sete aces -, variou bem mais os golpes de base e usou o slice com habilidade, ora na direita longo, ora curto na esquerda, o que abriu oportunidade para disparar o forehand.

Ao apurar a devolução, Federer tirou serviço de Lacko logo no game inicial do terceiro set e manteve incrível produção com o serviço a favor. O eslovaco jogou seu pior game para ceder outra quebra no quinto game e aí foi só questão de tempo para o fim do jogo. Suíço terminou com 16 aces, mas poucas subidas à rede (21, vencendo 17).

Comentários