Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Mesmo fora do ideal, Murray joga em Wimbledon
30/06/2018 às 16h05

Murray não sabe como reagirá em jogos longos

Foto: Site oficial

Londres (Inglaterra) - Embora esteja sorteado na chave e treinando diramente no All England Club, o suspense sobre a participação de Andy Murray em Wimbledon não diminui. Na entrevista oficial pré-torneio deste sábado, o bicampeão garantiu que irá entrar em quadra na terça-feira para enfrentar o francês Benoit Paire.

"A menos que alguma coisa aconteça nos próximos dois dias, sim, vou jogar em Wimbledon", afirmou. "Minha recuperação é parte de um processo e preciso estudar a situação dia após dia. No momento, estou treinando em alto nível, com muita intensidade e junto aos melhores do circuito, o que já é muito positivo para mim".

Murray voltou a dizer que o retorno após a cirurgia no quadril teria de ser gradativo. "Se fosse em outro esporte, eu jogaria 15 minutos num dia, 30 em outro, iria pouco a pouco. Mas no tênis é diferente e você tem de ser competitivo. Acho que fiz boas partidas em Queen's e Eastbourne", avaliou.

Sua maior expectativa é como o corpo irá reagir numa partida mais longa, de quatro horas ou de cinco sets. "Não sei responder isso. Na verdade, imagino que irei jogar cada vez melhor, mais do que há duas semanas ou que agora. Gostaria de jogar Wimbledon em melhor condições, mas no final das contas o importante é estar aqui, mesmo que não seja da forma tão brilhante como seria ideal".

Comentários