Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Nadal tem chave favorável até 4as de Wimbledon
29/06/2018 às 07h12

Nadal não passou das oitavas no ano passado

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Depois de conquistar seu 11º título de Roland Garros e o 17º de Grand Slam, o espanhol Rafael Nadal conheceu nesta sexta-feira sua chave em Wimbledon. Em busca do tricampeonato na tradicional grama do All England Club, tentando repetir o feito de 2008 e 2010, ele escapou de rivais perigosos e só deve ter trabalho a partir das quartas de final.

Apesar de ser o número 1 do mundo, Nadal foi designado como cabeça de chave 2 por causa do 'ranking da grama' e lidera a parte de baixo da chave. Seu primeiro oponente será o israelense Dudi Sela, contra quem jogou duas vezes até então e venceu ambas em sets diretos. Passando da estreia, virão ou o canadense Vasek Pospisil, ou o cazaque Mikhail Kukushkin.

O entre os 32 favoritos no caminho do canhoto de Mallorca só aparece na terceira fase e pode ser o italiano Marco Cecchinatto, que surpreendeu a todos em Paris, indo até as semifinais do Slam francês, e cujo rival de estreia será o promissor australiano Alex de Minaur, podendo encarar o saque e voleio do alemão Mischa Zverev na segunda partida.

Nas oitavas de final a situação começa a engrossar um pouco mais para Nadal, mas ainda sem cruzar com um grande perigo sobre a grama. O argentino Diego Schwartzman é o cabeça de chave mais bem colocado (14º) que pode cruzar com o espanhol nesta fase, mas seus resultados no piso não parecem animar. Quem tem mais chances mesmo de encarar o bicampeão é o italiano Fabio Fognini.

A partir das quartas é que surgem os grandes nomes no caminho de Rafa. Nesta fase, ele tem chance de duelar com nomes como o do argentino Juan Martin del Potro, o britânico Andy Murray, o jovem canadense Denis Shapovalov e o belga David Goffin.

O sérvio Novak Djokovic é um dos cotados a encarar Nadal nas semifinais. 'Nole' pega o norte-americano Tennys Sandgren na estreia, cruza com um argentino na segunda rodada (Guido Andreozzi ou Horacio Zeballos) e deve encarar o local Kyle Edmund na terceira fase e o austríaco Dominic Thiem ou o espanhol Fernando Verdasco nas oitavas.

Entre os possíveis rivais do ex-número 1 do mundo nas quartas, o mais provável é o alemão Alexander Zverer, cabeça de chave 4, que estreia contra o australiano James Duckworth, pode pegar o bósnio Damir Dzumhur ou o letão Ernests Gulbis na terceira rodada e nas oitavas cruza com o australiano Nick Kyrgios ou com o japonês Kei Nishikori.

Comentários