Notícias | Dia a dia
Edmund prevalece e elimina Murray em Eastbourne
27/06/2018 às 15h08

Foi a primeira vez que Edmund derrotou Murray em três confrontos

Foto: Divulgação

Eastbourne (Inglaterra) - Dois dias depois de Andy Murray vencer um duelo de campeões de Grand Slam contra Stan Wawrinka pela primeira rodada do ATP 250 de Eastbourne, o ex-número 1 do mundo se despediu nas oitavas de final da competição. Murray perdeu o duelo britânico para Kyle Edmund por duplo 6/4.

Edmund vive seu melhor momento na carreira, ao ocupar o 18º lugar do ranking. Ele disparou sete aces e não teve o serviço quebrado na partida desta quarta-feira. Foi a primeira vez que o jovem de 23 anos derrotou Murray em três duelos entre eles. O adversário de Edmund nas quartas é o cazaque Mikhail Kukushkin, que fez 6/2 e 6/0 contra o espanhol David Ferrer.

O jogo já começou complicado para Murray, que fez uma dupla-falta logo no primeiro ponto e fez escolhas erradas perto da rede, possibilitando duas passadas e a quebra ao rival. O ex-número 1 teve quatro chances de devolver a quebra no game seguinte, mas Edmund emendou uma sequência de ótimos saques e sequer deu oportunidade ao rival de disputar os pontos.

O jovem de 23 anos não teria mais o serviço ameaçado até o fim do set. Ainda que Murray mostrasse bom nível com seu saque e nos golpes, a movimentação em quadra era seu principal problema e ele nem sempre chegava bem nas bolas profundas do adversário.

O segundo set começou ainda melhor para Edmund, que confirmou seus três primeiros games de serviço com apenas três pontos perdidos, além de conquistar duas quebras para liderar por 5/2. Em um game com boas devoluções, Murray até reduziu a diferença, mas não conseguiu evitar a derrota.

Eliminado por Nick Kyergios na estreia do ATP Queen's, na semana passada, Murray chegará a Wimbledon com três jogos disputados e apenas uma vitória. O britânico de 31 anos aparece atualmente no 156º lugar do ranking mundial e ficou sem jogar entre a edição passada de Wimbledon e a última semana, por conta de uma lesão no quadril. Depois de tentar procedimentos menos invasivos no ano passado, ele fez uma cirurgia em janeiro. Por ter avançado uma rodada em Eastbourne, o ex-número 1 recebe 20 pontos no ranking e deve ganhar sete posições.

Comentários
Loja - livros
Mundo Tênis